Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank “Não dá pra mudar ...

“Não dá pra mudar o mercado sem ações concretas para aumentar a diversidade racial”

Conheça a história de Jurandir Pacheco, morador de Salvador - BA e um dos nubankers envolvidos no projeto Nulab, o escritório e hub de tecnologia do Nubank na Bahia.



Matemática, Fórmula 1 e Harry Potter. Essas são as três paixões de Jurandir Pacheco, economista de 28 anos, business architect do Nubank e parte do time que tem ajudado a abrir nosso novo escritório em Salvador, na Bahia.

Jurandir é uma das histórias que o Nubank traz no projeto “A gente muda o sistema”. Confira o vídeo abaixo e leia mais sobre a sua trajetória. 

Nascido e criado na capital baiana, Jurandir é filho de uma cabeleireira e proprietária de um salão de beleza e de um técnico em eletrotécnica. “Como eu não morava em uma vizinhança muito segura, na minha infância minha mãe não me deixava brincar e ter amigos na rua. Tinha amigos no colégio e era do colégio pra casa direto”, diz. 

Quando criança, Jurandir passava muito tempo na televisão e no computador. Foi nessa época que descobriu uma grande paixão: Harry Potter. Antes mesmo da popularização das redes sociais, ele cuidava de um projeto com outros cinco amigos que conheceu online. O site se tornou uma grande referência do país com foco nos fãs de Harry Potter.

“As redes sociais, como o Twitter, ainda estavam surgindo. Então os sites de fãs ainda eram muito importantes pras marcas encontrarem o público”, diz. “Eu fazia de tudo relacionado a produção de conteúdo e tínhamos até podcast. Tivemos parceria com estúdios e editoras. Esse site me trouxe oportunidades e me permitiu aprimorar o meu inglês, o que foi fundamental depois”.

Paixões em família

Jurandir sempre foi louco por matemática e esse foi o seu primeiro hobby compartilhado com o pai. “Antes de ter um dever de casa eu já fazia exercícios. Meu pai me estimulava, porque ele também gostava de matemática e queria ter feito engenharia, mas não pode. Então, ele se sentia representado por mim”.

O segundo hobby que pai e filho dividem é a Fórmula 1. Tudo começou em 2006 com a chegada de Lewis Hamilton, o primeiro e único piloto negro da história da competição. “Eu fiquei louco e sabia absolutamente tudo dele. Ele é uma das minhas maiores inspirações. No último domingo (14 de novembro de 2021) vi o meu pai chorar e eu nunca tinha visto isso na minha vida”.

A fala de Jurandir remete à vitória do piloto na corrida de Interlagos – SP, em 14 de novembro de 2021.

De trainee a Nubanker

Jurandir ingressou no curso de matemática na graduação, mas não foi o que ele esperava. Ele se encontrou de vez quando mudou para a economia. 

Na faculdade, fez muitos estágios e considerou emendar em um mestrado, porém precisou adiar os planos para ajudar a família a cuidar da avó. Enquanto se concentrava na família, resolveu se inscrever para programas de trainee. Passou em dois e um deles era o trainee dos sonhos: em um grande banco.

Jurandir se mudou para São Paulo – SP e, durante o período do programa, passou por diversas áreas e produtos, foi mentorado, fez parte de projetos importantes, mas o mais valoroso, segundo ele, foi se envolver ativamente com a pauta racial em uma corporação. 

“Em 2019 eu comecei a me envolver com o movimento negro do banco, porque percebi que havia pouca diversidade. Me ofereci para conversar com os estagiários negros sobre o programa trainee para conseguir mais candidatos. Aí a minha iniciativa se expandiu para fora também e logo comecei a cuidar da parte de carreira do grupo de afinidade negro”, diz.

Um ano depois do fim do Trainee,  quando trabalhava com investimentos da mesma empresa, Jurandir queria mudar de área e atuar na função de Business Architect, ou arquiteto de negócios. Foi no Nubank que ele viu essa oportunidade se materializar. Em março de 2021 ele passou no processo seletivo e, em abril, começou a trabalhar na área de empréstimos.

Agora, Jurandir está apoiando um grande projeto: o Nulab Salvador. Ele já voltou a morar na sua cidade natal e, quando os funcionários puderem voltar aos escritórios, talvez seja no Nulab que ele vai trabalhar. 

“Eu acredito que não dá pra mudar esse cenário do mercado se não houver ações intencionais, objetivas e concretas para aumentar a diversidade racial e inclusão nas empresas”, diz.

Sobre o Nulab Salvador

Ao longo de 2021, o Nubank está realizando obras para a abertura do NuLab Salvador, um hub de desenvolvimento de tecnologia experiência do cliente e nosso primeiro escritório no Brasil fora de São Paulo.

O edifício fica localizado no bairro do Rio Vermelho, na capital baiana. O hub vai contar com equipes de tecnologia e design do Nubank e vai acomodar futuros eventos, encontros e troca de experiências a partir do início de 2022.

Saiba mais sobre o projeto aqui

4.13

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post