Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Segurança Digital Dia do cliente: 5 cuidad...

Dia do cliente: 5 cuidados para a promoção não virar cilada

A semana do dia 15 de setembro tem produtos e serviços com descontos, mas também é uma boa isca para golpes e falsas ofertas. Veja como ficar atento.

O Dia do Cliente é comemorado no Brasil em 15 de setembro. A data, embora menor do que a Black Friday ou Semana Brasil, acaba sendo mais uma oportunidade para o comércio vender produtos e serviços com descontos. Infelizmente, também pode ser isca para golpes aplicados online. 

Abaixo, veja 5 dicas para aproveitar com segurança as suas compras online no dia (ou semana) do Cliente. 

1. Desconfie de ofertas boas demais

Um dos golpes mais comuns da internet é o chamado phishing, do inglês “pescar”. Esse golpe consiste em usar uma “isca” para atrair a pessoa e fazer com que ela mesma entregue seus dados para os golpistas. 

Por exemplo: criar um e-mail ou uma mensagem em rede social anunciando um produto e pedindo para que a pessoa clique em um link para fazer a compra.

Esse link leva o consumidor para uma página falsa, onde ele é induzido a colocar nome, número do cartão, senha. Às vezes, a mensagem chega no celular, via SMS ou aplicativo de conversa. 

Uma das “iscas” mais comuns do phishing são preços tentadores. Por isso, desconfie de uma oferta online prometendo aquele telefone do momento a menos da metade do preço. 

2. Cheque sempre o site ou app

Ainda na linha do phishing, uma das formas de tentar evitar esse golpe é conferindo o site ou aplicativo antes de fazer a compra. 

Recebeu uma oferta por e-mail ou rede social? Na dúvida, acesse você mesmo o site daquela empresa pelo seu navegador e procure lá a promoção mencionada, sem finalizar a compra pelo link recebido. 

E lembre-se: nenhuma loja de verdade pede para que você envie todos os seus dados do cartão de crédito via e-mail ou SMS. 

3. Nunca forneça sua senha do cartão e CVV

Golpistas tentam criar um senso de urgência para que os consumidores se sintam pressionados a finalizar a falsa compra logo.  Muitas vezes isso significa criar uma conversa e pedir dados para “garantir o produto”. Isso é cilada. 

Nunca, em hipótese alguma, envie sua senha ou CVV (o código verificador) por mensagem, SMS, e-mail ou redes sociais. 

4.Confira o histórico dos preços

Algumas lojas podem mascarar preços em datas comemorativas. Inflar valores dias antes ou anunciar uma peça na promoção sem que de fato ela esteja com algum desconto são práticas conhecidas. 

Uma dica é tentar checar os perfis nas redes sociais da empresa, vendo os valores antes da promoção. Em datas grandes, como a Black Friday, há sites ou plugins que monitoram os preços para tentar impedir essa prática. 

5.Conheça seus direitos

Todo consumidor que adquire um produto online tem direito de se arrepender em até 7 dias e, nesse prazo, pedir seu dinheiro de volta (desde que o produto não tenha sido usado). A loja é obrigada a devolver o valor pago e arcar com os custos de devolução (envio da mercadoria). 

Veja mais sobre seus direitos em compras online aqui.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.28

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post