Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro O que é balança comerc...

O que é balança comercial e o que impacta esse resultado?

Exportações, importações, superávit, déficit, equilíbrio comercial… Afinal, o que significam esses termos?

Produtos importados fazem parte do dia a dia de muitos brasileiros – dos mais básicos, como o trigo do pãozinho à gasolina do carro, aos mais elaborados, como um carro produzido na China. É algo tão natural que pouca gente para para pensar que, ao comprar um item produzido no exterior – ou com ingredientes vindos de fora –, está impactando a balança comercial brasileira.

Na primeira semana de agosto, por exemplo, o Ministério da Economia divulgou que a média diária de importações caiu 22,3% e o valor exportado aumentou 8,4%, em relação à média diária de todo o mês de agosto de 2019.

Com isso, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,095 bilhões na primeira semana do mês.

Se você quer entender o que é balança comercial, superávit e déficit comercial e quais fatores influenciam esse resultado, confira abaixo.

O que é balança comercial?

Basicamente, balança comercial se refere à diferença entre os valores das exportações e das importações de um país em um certo período – revelando se a nação é compradora ou vendedora nos mercados mundiais de bens e serviços. 

A conta é simples: Saldo da balança comercial = valor das exportações – valor das importações.

Justamente por isso, pode ser chamada também de exportações líquidas.

Lembrando que:

  • Exportações: bens e serviços produzidos dentro de um país e vendidos no exterior;
  • Importações: bens e serviços produzidos no exterior e vendidos dentro do país.

De forma geral, países mais ricos e desenvolvidos produzem e exportam produtos com mais tecnologia e maior valor agregado – como eletrônicos, automóveis e maquinários.

Já os países em desenvolvimento, como o Brasil, geralmente produzem e exportam produtos com menor valor agregado – principalmente do setor primário, como agropecuária e mineração (como indicado nas tabelas abaixo).

Qual a diferença entre superávit e déficit comercial?

O conceito de balança comercial não recebe este nome por acaso. Se o valor das exportações é maior, a balança pende para um lado. Se o valor das importações é maior, a balança pende para o outro. E, se ambos são iguais, a balança fica equilibrada.

Em termos da economia:

  • Quando o valor das exportações é maior do que o das importações, o país registra superávit comercial – tem mais dinheiro entrando via comércio exterior do que saindo;
  • Quando o valor das importações é maior do que o das exportações, o país registra déficit comercial – tem mais dinheiro saindo do que entrando;
  • Quando o valor das exportações é igual ao das importações, o país registra equilíbrio comercial.

O que influencia a balança comercial?

Assim como outros aspectos da economia, a balança comercial também é influenciada por diversos fatores. Alguns deles são:

Taxa de câmbio

Quando a moeda de um país se desvaloriza em relação a outras moedas (geralmente o dólar), os produtos exportados ficam mais baratos e competitivos no exterior – aumentando a exportação – e, os importados, mais caros. 

Por outro lado, quando a moeda do país se valoriza, os produtos importados acabam ficando mais baratos – aumentando a importação – e, os exportados, mais caros para compradores estrangeiros.

Oferta e demanda

A balança comercial de um país reflete diretamente o cenário econômico internacional. Quando um parceiro comercial importante entra em recessão, por exemplo, a demanda por produtos comprados de terceiros pode diminuir – impactando o volume de transações.

Além disso, quando existem mais países interessados em um determinado produto, as exportações aumentam e até mesmo o valor dos itens pode subir.

Protecionismo

Outro fator que influencia a balança comercial é o grau de protecionismo dos países. Quando um governo aumenta as taxas de importação de um produto, por exemplo, eles acabam ficando mais caros e a demanda diminui – beneficiando os produtores locais e impactando diretamente os países exportadores.

E quais são os principais bens e serviços exportados e importados pelo Brasil?

O Brasil é um grande exportador e importador mundial. Em 2019, por exemplo, o país ficou em 27º lugar na lista dos maiores exportadores e em 28º entre os maiores importadores, segundo um relatório do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (IEDI).

De janeiro a julho de 2020, os principais produtos exportados e importados pelo Brasil, que pesaram na balança comercial, foram:

Principais produtos exportados pelo Brasil

De janeiro a julho de 2020, o Brasil registrou US$ 120,9 bilhões em produtos exportados, sendo os principais:

PosiçãoProduto% de participação nas exportações
Acúcares e melados3,5
Carne bovina fresca, refrigerada ou congelada 3,4
Farelos de soja e outros alimentos para animais (excluídos cereais não moídos), farinhas de carnes e outros animais3,1
Celulose3
Carnes de aves e suas miudezas comestíveis, frescas, refrigeradas ou congeladas2,8
Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos) 2,7
Demais produtos – Indústria de transformação2,6
Ouro, não monetário (excluindo minérios de ouro e seus concentrados)2,1
Ferro-gusa, spiegel, ferro-esponja, grânulos e pó de ferro ou aço e ferro-ligas1,8
10ºProdutos semi-acabados, lingotes e outras formas primárias de ferro ou aço1,7
Fonte: Ministério da Economia

Principais produtos importados pelo Brasil

De janeiro a julho de 2020, o Brasil registrou US$ 90,9 bilhões em produtos importados, sendo os principais:

PosiçãoProduto% de participação nas importações
Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes5,8
Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos) 4,9
Adubos ou fertiliantes químicos (exceto fertilizantes brutos)4,7
Demais produtos – Indústria de Transformação4,6
Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns4
Equipamentos de telecomunicações, incluindo peças e acessórios4
Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucléicos e seus sais, esulfonamidas3,3
Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio ou foto-cátodo, diodos, transistores3,2
Medicamentos e produtos farmacêuticos, exceto veterinários3,1
10ºOutros medicamentos, incluindo veterinários2,3
Fonte: Ministério da Economia

Para quais países o Brasil mais exporta?

De janeiro a julho de 2020, o Brasil exportou principalmente para:

PosiçãoPaís% de participação nas exportações
China34,1
Estados Unidos9,73
Países Baixos (Holanda)3,96
Argentina3,64
Espanha2,10
Cingapura1,94
Canadá1,90
Japão1,85
Alemanha1,82
10ºChile1,69
Fonte: Ministério da Economia

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.6

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post