Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Para além do coronavír...

Para além do coronavírus: o que mais aconteceu nesta semana? | Parte 3

Aranha-pavão, Enem, shows de graça e a terra ficando mais calma. Vem ver fatos e notícias que você pode ter perdido em meio à cobertura do novo coronavírus.

Com tudo o que está acontecendo no Brasil e no mundo, é importante se manter informado para não cair em fake news. Mas tão importante quanto é saber se desligar um pouco das notícias sobre o novo coronavírus, respirar fundo e manter a calma.

Por isso, chegou o momento de descobrir o que mais aconteceu entre 28 de março e 2 de abril e lembrar de que, apesar de tudo, a vida continua. Então lave as mãos, limpe o celular, fique em casa – se possível – e vem ver as novidades.

Boa notícia para os oceanos

Apesar das ações humanas, os oceanos estão se mostrando bem resilientes. Segundo um estudo publicado nesta semana na revista Nature, os oceanos podem ser completamente restaurados até 2050.

Mas, para que isso aconteça, os pesquisadores recomendam uma série de medidas necessárias, como a proteção de espécies, a pesca consciente e a restauração de habitats.

Má notícia para quem tem aracnofobia

Muita gente não gosta de aranhas. Algumas pessoas até arrepiam só de pensar nelas. Mas o fato é que elas existem – aos montes – e têm pesquisadores especialistas em catalogá-las.

Um deles, inclusive, acaba de catalogar mais 7 espécies de aranhas-pavão na publicação Zootaxa. Elas vivem na Austrália (ufa!) e levam esse nome porque têm uma coloração vibrante como a do pavão.

A título de curiosidade, as aranhas-pavão macho usam as cores para atrair as fêmeas para o acasalamento. Ganha quem for mais chamativo.

Com vocês, a aranha-pavão. (Créditos: Jürgen Otto/ Wikimedia Commons)

Informação importante para quem vai prestar vestibular

Mesmo com as incertezas sobre o novo coronavírus, o Inep confirmou que o Enem (Exame Nacional do Ensimo Médio) 2020 será realizado em outubro e novembro.

Pela primeira vez, o exame vai ter versões impressas e digitais. Segundo o Ministério da Educação, a decisão não está relacionada com o distanciamento físico sugerido para conter o avanço do coronavírus, mas para facilitar a correção das provas.

As provas digitais serão aplicadas nos dias 11 e 18 de outubro. Quem optar por essa modalidade também terá que comparecer ao local onde a prova vai ser aplicada – e não poderá usar computador nem celular. Já as provas impressas serão aplicadas nos dias e 8 de novembro.

As inscrições para o Enem 2020 acontecem entre os dias 11 e 22 de maio e o candidato poderá optar pela prova impressa ou digital – limitada a 100 pessoas. Confira mais informações no site do Enem.

56 shows para assistir de casa e de graça

Para quem gosta de curtir um bom show e está sofrendo por não poder sair de casa, o Montreux Jazz Festival, evento de música que acontece desde 1967 na cidade de Montreux na Suíça, liberou 56 shows de artistas que já se apresentaram em seus palcos.

Entre os shows disponíveis, estão o jazz de Nina Simone, Quincy Jones e Etta James; o soul de Marvin Gaye, James Brown e Isaac Hayes; e o rock de Deep Purple, Jethro Tull e Patti Smith.

Quem quiser assistir às apresentações, entretanto, terá de se cadastrar numa plataforma online. Usando o código “FREEJF1M”, o acesso é gratuito por 30 dias contados a partir do cadastro.

A cantora americana Nina Simone em show na Bretanha, França, em maio de 1982 (Créditos: Roland Godefroy/ Wikimedia Commons)

Para espalhar boas histórias

O ator americano John Krasinski, conhecido pelo personagem Jim Halpert na série The Office, lançou um programa para espalhar boas notícias neste período de quarentena.

As notícias compartilhadas no programa Some Good News (Algumas Boas Notícias, em português) vieram de sugestões de seguidores do ator no Twitter. O objetivo, segundo ele, é compensar a quantidade de notícias ruins e repercutir histórias inspiradoras em tempos difíceis.

Para quem é fã de The Office, o primeiro episódio contou com a participação de Steve Carell, parceiro de cena do ator no seriado.

John Krasinski não confirmou outros episódios do programa, mas a internet já está aclamando por mais.

E o prêmio de vídeo viral de março vai para… 

A rapper americana Cardi B.

Cinco dos dez vídeos mais vistos no Instagram foram postagens divertidas da cantora sobre o novo coronavírus, segundo a empresa Pex. Ao todo, eles tiveram quase 28 milhões de visualizações.

No vídeo mais visto, Cardi B aparece comentando a pandemia de um jeito assustado e debochado ao mesmo tempo. Não tem nem como explicar, melhor assistir.

O mundo para, a crosta da terra se acalma

Pode parecer uma rima ruim, mas é verdade. Com muitos países adotando o distanciamento físico para impedir o avanço do novo coronavírus, a Terra está ficando mais calma – literalmente.

Segundo cientistas de diversos países, o chamado ruído sísmico – o barulho causado pela vibração da crosta terrestre – tem diminuído com menos pessoas e carros circulando pelas cidades e deixando de fazer outras atividades.

De acordo com o Observatório Real da Bélgica, localizado em Bruxelas, a redução dos ruídos sísmicos gerados por humanos caiu em até um terço na cidade desde que medidas de isolamento físico foram adotadas.

Parece exagero mas, segundo os pesquisadores, as ações humanas alteram sim a dinâmica terrestre. Quando somadas, elas causam pequenas variações na vibração da crosta, principalmente em nível local. 

3.93

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post