Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Outros O que é DUT?

O que é DUT?

Chamado também de CRV, o documento é obrigatório na hora de transferir o veículo de uma pessoa para outra. Entenda.



Se você já precisou vender um imóvel, sabe que o processo deve ser registrado em cartório por meio de uma escritura pública, um comprovante de que o imóvel foi transferido de uma pessoa para outra. O processo não é muito diferente para automóveis e, para isso, é necessário um documento chamado de DUT. 

O DUT é necessário para qualquer um que deseja registrar a transferência do veículo em cartório. Além de DUT, o documento também pode ser chamado de Certificado de Registro do Veículo (CRV). Isso porque o nome foi alterado em 1985, após a criação do sistema RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores). 

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Entenda como preencher o DUT, como emitir a segunda via e a importância desse documento na hora de comprar ou vender um veículo. 

O que é CRV DUT?

DUT é a sigla para Documento Único de Transferência (DUT), que também recebe o nome de Certificado de Registro do Veículo (CRV). O papel verdinho mudou de nome em 1985, mas ainda é conhecido por ambas as siglas. 

O DUT, ou CRV, nada mais é do que o documento que detalha as características do veículo como a placa, o número do Chassi, ano de fabricação e modelo, cor predominante, o combustível, entre outras informações. Tudo isso fica na parte da frente do documento. 

Já no verso do Certificado de Registro do Veículo (CRV) consta a Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo (ATPV), com a seguinte frase: 

“Autorizo o Departamento Estadual de Trânsito-Detran, transferir o registro deste veículo, para:”

Os campos em branco devem ser preenchidos quando há a necessidade de se transferir a propriedade do veículo de uma pessoa para outra – normalmente durante o processo de compra e venda do automóvel. Ou seja, se você pretende vender o seu veículo, vai precisar desse documento para oficializar a transferência. 

Qual a diferença entre CRV e CRLV?

O Certificado de Registro do Veículo (CRV) é o documento que detalha as características do automóvel, mas somente é necessário apresentá-lo na hora de fazer a transferência para o novo proprietário. Já o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) é o conhecido “documento do carro”, que você apresenta às autoridades quando solicitado. Diferente do CRV, o CRLV precisa estar sempre com o motorista durante o uso do veículo – além da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Como emitir o DUT?

Para emitir o DUT é preciso ter o certificado de registro (no caso, ele é o próprio CRV). Caso você esteja comprando um carro 0Km, portanto, é necessário registrar o veículo no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do seu estado. Uma vez registrado o veículo, será emitido o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), documento de porte obrigatório, além do Certificado de Registro do Veículo (CRV). 

Agora, caso esteja comprando um veículo seminovo ou usado, o documento deve ser preenchido pelo vendedor e constar as informações do novo proprietário. Na maioria dos  estados brasileiros é necessário comparecer presencialmente ao Detran, apresentar os documentos indicados pelo órgão do seu estado e oficializar a transferência do veículo. 

Devido a pandemia da COVID-19, muitos dos serviços públicos foram digitalizados e facilitaram a vida das pessoas na hora resolver burocracias. Com isso, os Certificados de Registro de Veículo (CRV) que foram emitidos a partir do dia 4 de janeiro de 2021 passaram a ser eletrônicos – chamado de Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo Digital (CRLV-e). Ou seja, veículos registrados a partir dessa data deixaram de ter o CRV impresso em papel moeda, o famoso documento verdinho. 

Como preencher o DUT?

Para preencher o DUT em papel, e por se tratar de um documento único, é importante que você escreva primeiramente todas informações em um rascunho e só depois preencha o documento oficial. Com caneta azul ou preta em mãos, e muita atenção, preencha todos os campos em branco do documento, são eles:

  • Valor do veículo (em reais);
  • Nome completo do comprador;
  • RG e CPF do comprador;
  • Endereço completo do comprador;
  • Local e data de preenchimento do documento;
  • Assinatura do proprietário (vendedor);
  • Assinatura do comprador;

Após o preenchimento, é necessário comparecer fisicamente a um cartório e fazer o reconhecimento de firma de ambas pessoas, exigido obrigatoriamente pelo Detran.  

Como tirar segunda via do DUT?

A segunda via do DUT pode ser emitida em casos de perda, roubo, furto ou até mesmo pela má conservação do documento, mas somente o proprietário do veículo poderá solicitar uma segunda via do DUT, ou um terceiro por meio de procuração reconhecida em cartório. Veja os passos a seguir:

  1. Garanta que todos os débitos do veículo estejam pagos;
  2. Confirme se o último licenciamento também foi pago (necessário);
  3. Tire uma cópia do documento de identificação (RG, CPF ou CNH);
  4. Apresente o comprovante de endereço em nome do proprietário do veículo;
  5. Tenha o Laudo de vistoria do veículo;
  6. Caso você tenha perdido o seu DUT, é necessário apresentar uma Declaração de perda, autenticada em cartório;
  7. Por outro lado, caso o documento tenha sido roubado ou furtado, é necessário fazer um Boletim de Ocorrência (BO) e apresentar uma cópia como comprovação.

Esse serviço pode ser feito diretamente com o Detran do seu estado ou contratando um serviço de um despachante em sua cidade. 

Como tirar o DUT pela internet?

O Documento Único de Transferência (DUT ) de veículos transferidos a partir do dia 4 de janeiro de 2021 podem ser emitidos online no DETRAN do estado de São Paulo. Para isso, é necessário acessar o site oficial do Detran-SP ou aplicativo Poupatempo. Veja como fazer:

No menu superior do site do Detran-SP:

  • Clique em “Veículos”;
  • Encontre a “Autorização de transferência de proprietário de veículo” e clique em “Acesse o serviço”;
  • Acesse seu cadastro no Portal do Detran-SP (caso não tenha cadastro, basta fazer login utilizando suas contas do Facebook ou Gmail); 
  • Selecione a placa do veículo que deseja transferir;
  • Na próxima página haverá a pergunta “Você tem o CRV impresso em papel moeda?” – em outras palavras, o tradicional papel verdinho;
  • Caso você tenha registrado um veículo a partir de 4 de janeiro de 2021, clique em “Não” e depois “Avançar”;
  • Preencha os dados complementares do veículo;
    • Número do Chassi (encontrado em seu CRLV);
    • Hodômetro, que é a kilometragem que consta no painel do veículo. Exemplo: “o carro já rodou 50.000 km”;
  • Confira todos os dados do vendedor (CPF e e-mail);
  • Preencha as informações do comprador e clique em “avançar”;
  • Confirme as informações e clique em “avançar”
  • Leia o “Termo de ciência”, clique em “Declaro que li e concordo” e “Concluir”.

Depois, basta imprimir o documento e seguir os mesmos passos finais que um CRV impresso: vendedor e comprador devem assinar, colocar a data, e reconhecer firma das assinaturas. 

Já no aplicativo Poupatempo Digital, disponível para Android e IOS:

  • Clique em “Serviços” no menu inferior;
  • Selecione “Veículos”;
  • Clique em “Registros e Transferências”;
  • Clique em “Transferência do veículo”;
  • Leia com atenção as informações e clique em “OK”;
  • Selecione “ATPV-e – Autorização para transferência de proprietário de veículo”;
  • Na área “Meus veículos” selecione o veículo que deseja transferir;
  • Caso ainda não tenha o veículo cadastrado, clique no sinal de “+” e faça o cadastro;
  • Ao selecionar o veículo, aparecerá a pergunta “Você tem o CRV impresso em papel moeda” – o tradicional papel verdinho;
  • Preencha os dados do veículo:
    • Número do Chassi (encontrado em seu CRLV);
    • Hodômetro, que é a kilometragem que consta no painel do veículo. Exemplo: “o carro já rodou 50.000 km”;
  • Preencha os dados do vendedor (CPF e e-mail) e clique em “avançar”;
  • Preencha as informações do comprador:
    • Número do documento (CPF ou CNPJ);
    • Nome completo;
    • E-mail;
    • Valor da venda do automóvel;
    • Clique em “Avançar”;
    • Insira o endereço;
  • Veja o resumo dos dados do comprador e vendedor e clique em “SIM”;
  • Leia o “Termo de ciência”, clique em “Declaro que li e concordo” e “Concluir”
  • Veja a mensagem “Autorização gerada com sucesso”;
  • Clique em “ATPV-e” abaixo da mensagem “Baixe e imprima o documento”.

O aplicativo irá gerar o documento em PDF. Depois é só imprimir o documento, assiná-lo (tanto o comprador como o vendedor) e reconhecer as firmas em cartório. 

Já nos demais estados do Brasil o processo precisa ser realizado presencialmente. Para isso, separamos os sites do Detran de todas as regiões do país para você entender o processo específico do seu estado: 

Região Norte

EstadoSite
ACwww.detran.ac.gov.br 
AMwww.detran.am.gov.br 
APwww.detran.ap.gov.br 
PAwww.detran.pa.gov.br 
ROwww.detran.ro.gov.br 
RRwww.detran.rr.gov.br
TOwww.detran.to.gov.br

Região Nordeste

EstadoSite
ALwww.detran.al.gov.br 
BAwww.detran.ba.gov.br
CEwww.detran.ce.gov.br
MAwww.detran.ma.gov.br
PBwww.detran.pb.gov.br 
PEwww.detran.pe.gov.br
PIwww.detran.pi.gov.br
RNwww.detran.rn.gov.br 
SEwww.detran.se.gov.br

Região Centro – Oeste

EstadoSite
DFwww.detran.df.gov.br
GOwww.detran.go.gov.br 
MSwww.detran.ms.gov.br 
MTwww.detran.mt.gov.br

Região Sul

PRwww.detran.pr.gov.br
RSwww.detran.rs.gov.br
SCwww.detran.sc.gov.br

Região Sudeste

ESwww.detran.es.gov.br 
MGwww.detran.mg.gov.br 
RJwww.detran.rj.gov.br 
SPwww.detran.sp.gov.br 

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.67

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post