Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Negócio O que é CEO? Entenda o ...

O que é CEO? Entenda o cargo mais alto de uma empresa

Para quem responde? É a mesma coisa que presidente? Entenda o que é CEO e quais os atributos mais importantes para quem ocupa essa posição.

Chief Executive Officer: esse é o significado da sigla mais conhecida entre os C-level, executivos da camada mais sênior da gestão de um negócio. Para entender seu papel, é preciso saber exatamente o que é CEO.

A posição de CEO é a mais alta de uma empresa. Sua atuação pode variar de acordo com o tamanho, cultura e estrutura corporativas – assim como a forma de escolher a pessoa que vai ocupar o cargo.

Mas o papel de CEO é essencialmente o mesmo na maior parte dos casos: conduzir a empresa dentro de uma visão estratégica unificada.

O que é CEO – e o que fazem profissionais nesta posição?

Ao traduzir para o português, o cargo viraria “diretor executivo”, mas essa é uma forma muito reduzida para definir o que é CEO. Pessoas nessa função são responsáveis, em linhas gerais, por:

  • Traçar a missão e propósito da companhia e garantir que sejam seguidos em todas as decisões;
  • Liderar a cultura organizacional;
  • Estruturar a estratégia e objetivos da empresa a longo prazo;
  • Garantir que as diversas áreas conheçam e trabalhem em prol dessa estratégia;
  • Ter uma visão global do negócio e sua estrutura, mesmo que não conheça a fundo todo o dia a dia;
  • Tomar decisões corporativas de alto impacto;
  • Agir como a principal ponte entre outros executivos sênior e, dependendo do caso, investidores e conselho administrativo.

Dependendo do tamanho da companhia, CEOs podem estar mais ou menos próximos das atividades do dia a dia. Startups em seus primeiros anos costumam ter CEOs bem envolvidos em tudo que acontece. Em corporações maiores, por outro lado, o contato é feito mais com outros altos executivos, que cascateiam as decisões entre seus times.

Quem escolhe a pessoa que será CEO?

Depende. Em empresas que não têm capital aberto, a pessoa que ocupa a posição de CEO costuma ser uma das sócias fundadoras, ou algum profissional do mercado trazido para o cargo.

Empresas públicas, por outro lado, seguem regras mais rígidas, já que, ao abrir seu capital, uma companhia deve satisfações aos acionistas.

Quem representa os acionistas é o Conselho Administrativo, um grupo de pessoas responsáveis pelo monitoramento corporativo da empresa. São essas pessoas – normalmente, executivos de dentro e fora da companhia – que escolhem um ou uma CEO.

Quais são as habilidades desejadas em CEOs?

O papel exercido por CEOs é complexo e de alto impacto no negócio. Por isso, por mais que esta seja uma posição cobiçada, ela também é ocupada por algumas das pessoas mais habilidosas do mundo corporativo.

Há, inclusive, estudos sobre as características de CEOs de sucesso. As executivas americanas Elena Botelho e Kim Powell, autoras do projeto CEO Genome, defendem que há quatro comportamentos de CEOs com excelente performance:

1. Decidir com convicção e velocidade

Contrariando o senso comum, Botelho e Powell descobriram que CEOs não necessariamente se destacam por tomar ótimas decisões sempre, mas por tomá-las de forma decisiva. As pessoas com melhor avaliação fazem escolhas cedo e rapidamente, com pouca hesitação e de forma consistente.

“Mesmo que haja ambiguidade e que o cenário seja pouco familiar, essas pessoas entendem que decisões erradas, às vezes, são melhores que nenhuma decisão”, dizem as autoras.

2. Cultivar relacionamentos de olho no impacto

Não importa o quanto a estratégia e a visão da empresa sejam sólidos, é preciso que o resto da companhia se engaje com eles. Botelho e Powell observaram que a capacidade de CEOs de entenderem a fundo as necessidades e motivações de seus funcionários é essencial para o trabalho a longo prazo.

Segundo a pesquisa, CEOs que conseguem canalizar a energia das pessoas para a estratégia são 75% mais bem sucedidos. O caminho para isso é ter um conhecimento profundo do que move aqueles envolvidos no negócio para torná-los apoiadores da decisão.

3. Adaptar-se proativamente

A análise do CEO Genoma mostrou que CEOs adaptáveis têm 6,7 vezes mais chances de performar bem. As autoras comentam sobre a importância do olhar a longo prazo e como ele ajuda CEOs a captarem sinais de mudanças nas circunstâncias bem no início.

Um ou uma CEO adaptável também entende que mudanças, incluindo mudanças negativas, são uma parte integral do processo e as tratam como oportunidades de crescimento.

4. Entregar senso de confiança

Gerar resultados de forma sólida é o quarto comportamento e um dos mais importantes. Na pesquisa, CEOs que se mostravam estáveis e conseguiam comprovar entregas constantes de resultados tinham 15 vezes mais chances de serem bem sucedidos.

Em outras palavras – e um bom resumo do papel de um ou uma CEO: empresas não precisam de alguém que opere milagres, mas sim, de líderes em que todos possam confiar.

Quer ver mais sobre conteúdos do mundo corporativo?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post