Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Segurança Digital Alguém te obrigou a cada...

Alguém te obrigou a cadastrar a chave Pix? Corre que é cilada

As chaves Pix podem ajudar na hora de fazer uma transação, mas elas não são obrigatórias. Saiba como identificar golpes ou abusos envolvendo o sistema.



O Pix é um meio de pagamentos criado pelo Banco Central que permite fazer transferências e/ou pagamentos 24h por dia, 7 dias por semana. Para tornar essas transações mais fáceis, os usuários podem cadastrar uma chave Pix – mas é importante entender que isso não é obrigatório. 

A chave Pix funciona como um apelido da conta. Ela pode ser o CPF ou CNPJ, e-mail, número de telefone ou uma chave aleatória – basicamente, na hora de receber um pagamento e/ou transferência, o usuário pode passar apenas sua chave cadastrada, em vez de enviar todos os dados de sua conta (como acontece com TEDs, por exemplo)

Ou seja: essas chaves são opcionais. Se você se sentir coagido a cadastrar uma chave de alguma forma é um sinal de alerta.

É possível usar o Pix sem cadastrar chaves?

Sim. Registrar uma chave torna o processo mais simples e rápido na hora de pagar ou transferir, mas não registrá-la não é um impeditivo. Afinal, o Pix funciona normalmente com os dados bancários –  informando nome, número de conta, etc. 

Ou seja, você pode usar o sistema sem nunca cadastrar uma chave. O Pix deve ser obrigatoriamente oferecido pela sua instituição financeira caso ela tenha mais de 500 mil clientes. Assim como ela já te permite fazer transações por TED e DOC e pagar boletos, também deve haver a opção de fazer um Pix, mesmo que você não tenha cadastrado nenhuma chave lá.

Você está sendo coagido a cadastrar chaves? Cuidado!

Se em algum momento você receber uma mensagem que dê a entender que você é obrigado a cadastrar uma chave Pix, algo não está certo. 

Os bancos ou demais instituições financeiras não podem obrigar os seus clientes a cadastrarem chaves. Então, é bem provável que, caso você receba uma mensagem dessas, seja alguma tentativa de golpe que visa ter acesso a algum dado seu – ou alguma instituição financeira que não está seguindo as regras do Banco Central.

Meu banco me obrigou a cadastrar chaves para ter acesso a um serviço, e agora?

É preciso entender, primeiro, se o banco está te obrigando a cadastrar a chave Pix de fato, ou se está vinculando esse cadastro a algum tipo de vantagem.

Alguns bancos, tentando trazer o máximo de chaves cadastradas, às vezes fazem campanhas promocionais estimulando seus clientes com algum benefício caso eles façam o cadastro.

Oferecer benefícios associados ao cadastro de chaves Pix não vai contra as regras do Banco Central. No entanto, nenhuma instituição pode exigir que você cadastre a chave para ter acesso a um serviço dela.

Em outras palavras: não ter uma chave Pix registrada no banco nunca pode ser um impeditivo para acessar nenhum serviço da conta. Afinal, a decisão de cadastrar essa chave só cabe ao cliente.

Se você receber alguma comunicação de uma instituição financeira que te deixar na dúvida, acesse a página do Pix do Banco Central. Lá estão resumidas as principais regras e dúvidas, além de mostrar os canais de comunicação para os casos de violação. 

Quando não é o banco: como saber se o cadastro de chave Pix é um golpe?

Os golpistas costumam se passar por instituições financeiras e pedem que os usuários registrem suas chaves Pix por meio de sites falsos. Ao inserir a informação, quem acaba com seu dado é o fraudador.

Antes de cadastrar seus dados em algum lugar é muito importante verificar se o site é mesmo o da sua instituição. Muitos golpes são aplicados por criminosos que criam uma página falsa, mas praticamente idêntica às originais

Além disso, à esquerda da barra de navegação, veja se há um cadeado. Se ele existir, é mais um indício de que  está em um site seguro.

Esse tipo de golpe recebe o nome de phishing e funciona como uma isca que faz com que a própria vítima entregue os seus dados aos golpistas.

Veja aqui dicas para identificar um site falso.

Para diminuir as chances de cair em um golpe desse tipo, se você desejar, faça o cadastro da sua chave da maneira convencional – entrando no app ou site do banco, sem clicar em links que chegam por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Importante: o Banco Central proíbe que o registro de chaves seja feito por telefone. O registro sempre deve ser feito pelos canais digitais da instituição financeira. Então, se alguém te ligar pedindo para você cadastrar uma chave, também é golpe.

Saiba tudo sobre os golpes mais comuns da internet aqui

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.69

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post