Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Nubank zera emissão de ...

Nubank zera emissão de carbono de toda sua história

Todo o carbono que emitimos é compensado por meio de projetos que neutralizam o CO2 do meio ambiente.

O Nubank nasceu digital e com foco em eficiência. Tudo por aqui é feito pelo app – sem burocracias, papeladas e idas desnecessárias a agências. Mais facilidade para nossos clientes e menos impactos no meio ambiente.

Mas menos impactos não significa nenhum impacto – e nós não nos contentamos com isso.

Estamos comprometidos a ter uma operação com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês), por isso ficamos felizes em anunciar que o Nubank zerou sua emissão de carbono na atmosfera.

Isso significa que todo o dióxido de carbono (CO2) que emitimos a partir das nossas atividades foi compensado pelo incentivo a projetos que reduzem a emissão desse gás.

O que significa zerar a emissão de carbono?

Zerar a emissão de carbono significa que todo o dióxido de carbono emitido por uma empresa – ou pessoa, cidade, país – está sendo neutralizado por outras ações que retiram CO2 da atmosfera, como plantar árvores, ou evitam que mais CO2 seja gerado, como utilizar fontes renováveis de energia ou impedir o desmatamento.

Apesar do Nubank ser digital, quase todas as nossas atividades geram algum impacto ambiental: a produção dos cartões e o envio para a casa dos clientes, os servidores que mantém o app no ar, a energia utilizada pelos Nubankers durante o trabalho…Tudo isso, direta ou indiretamente, emite CO2 na atmosfera. 

Como essas são atividades essenciais para continuarmos funcionando, precisamos encontrar uma forma de reduzir e compensar o que emitimos.

Para isso, nos juntamos a três projetos no Brasil e um projeto no México – países onde o Nubank têm clientes – que, a partir de suas atividades, geram créditos de carbono que compensam nossas emissões.

Crédito de carbono? Como assim?

Uma das formas mais comuns de neutralizar a emissão de CO2 é por meio da compra de crédito de carbono. Funciona assim: empresas certificadas que evitam o desmatamento ou que utilizam energia limpa em sua operação – como energia solar e eólica –, por exemplo, geram créditos de carbono.

Um crédito de carbono geralmente é medido em tonelada de CO2 que deixou de ser gerado pelo uso de energia limpa, por evitar o desmatamento, por reflorestamento, substituição de combustíveis, entre outras ações.

Esses créditos, então, são comprados por empresas que desejam neutralizar sua emissão de carbono. Para isso, elas calculam quantas toneladas de CO2 emitiram por meio de suas atividades e compram os créditos equivalentes. É isso o que o Nubank está fazendo, por exemplo. 

Quais são os projetos que o Nubank está apoiando?

Como o Nubank é uma empresa global, buscamos parceiros que atuam em diferentes regiões:

  • Cerâmica Buenos Aires (Pernambuco, Brasil): fábrica de tijolos que, desde 2010, substitui o uso de lenha de vegetação nativa da Caatinga por biomassa, uma fonte de energia renovável.
  • Cerâmica Luara (São Paulo, Brasil): fábrica de tijolos que também substitui o uso de lenha de vegetação nativa do Cerrado por biomassa.
  • Cerâmica Maracá (Minas Gerais, Brasil): fábrica de tijolos e telhas que também substitui o uso de lenha de vegetação nativa do Cerrado por biomassa.
  • Utsil Naj (México): projeto que oferece fogões mais eficientes para famílias em condição de pobreza, diminuindo consideravelmente o uso de lenha – são 16,6 toneladas de madeira salvas por ano.
Equipe da Cerâmica Maracá, de Minas Gerais: substituindo o uso de lenha de vegetação nativa do Cerrado por biomassa. (Crédito: Divulgação)

Assim como o Nubank usou tecnologia para reinventar um sistema financeiro burocrático e caro, esses projetos estão usando inovações energéticas para tornar suas operações mais eficientes e sustentáveis.

Além de gerar um impacto ambiental positivo, todos esses projetos também desenvolvem ações – relacionadas à educação, saúde, esportes, emprego – com as comunidades locais, melhorando a vida da população.

Por que o Nubank zerou sua emissão de carbono?

Um dos nossos valores é “nós pensamos e agimos como donos”. Isso passa por devolver às pessoas o controle sobre o seu dinheiro, desenvolver produtos financeiros justos e fáceis de usar, e também por assumir o impacto ambiental do nosso trabalho – e buscar formas de reduzi-lo e compensá-lo.

Por ser 100% digital, o Nubank já nasceu como uma empresa com baixa emissão de carbono e busca por eficiência. Poderíamos nos acomodar com isso, mas esse não é o jeito que trabalhamos por aqui.

Zerar nossa emissão de carbono é mais um passo que a gente dá para construir um mundo cada dia mais simples, humano e sustentável… Um mundo cada dia mais Nubank.

Confira o artigo de David Vélez, fundador e CEO do Nubank, sobre nosso compromisso com o meio ambiente

4.04

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post