Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Quem são os investidores do Nubank?

Saiba mais sobre os fundos internacionais que apoiam o crescimento do Nubank.

O Nubank foi fundado no Brasil em maio de 2013 pelo colombiano David Vélez, o americano Edward Wible e a brasileira Cristina Junqueira.

A empresa surgiu como uma fintech – uma startup focada em resolver problemas financeiros usando a tecnologia. A palavra fintech vem do inglês “financial technology”, ou “tecnologia financeira”.  

Desde então, o Nubank recebeu sete rodadas de investimento – sete grandes aportes financeiros que contaram com a participação de um ou mais fundos de investimento e empresas de venture capital. (Post atualizado em junho de 2019)

A cada rodada, o Nubank ganha ainda mais força no cenário internacional e consegue mais recursos para desenvolver produtos e serviços cada vez melhores e mais inovadores.

Histórico de rodadas

A primeira rodada de investimento do Nubank foi em 2013, de US$ 2 milhões, e teve a participação da Sequoia Capital e da Kaszek Ventures.

Essa rodada é a chamada “seed money”, termo usado para indicar o primeiro investimento que uma startup recebe. Como o próprio nome indica – “seed” é a palavra em inglês para “semente” – esse é investimento que ajuda startups a começarem a operar e dar seus primeiros passos.

Sede do Nubank em São Paulo

As rodadas de investimento que vêm em seguida começam a ser chamadas de Série – A, B, C e daí em diante. Uma rodada Série A, por exemplo, é o primeiro passo após o investimento “semente”.

As rodadas de investimento do Nubank são as seguintes:

  • Seed: US$ 2milhões em junho de 2013. Investidores: Sequoia Capital e Kaszek Ventures
  • Série A: US$ 15 milhões em agosto de 2014. Investidores: Sequoia Capital e Kaszek Ventures
  • Série B: US$ 30 milhões em maio de 2015. Investidores: Tiger Global Management, Sequoia Capital, Kaszek Ventures, QED Investors.
  • Série C: US$ 52 milhões em janeiro de 2016. Investidores: Founders Fund, Tiger Global Management, Sequoia Capital, Kaszek Ventures.
  • Série D: US$ 80 milhões em dezembro de 2016. Investidores: DST Global, Sequoia Capital, Founders Fund, Tiger Global Management.
  • Série E: US$ 150 milhões em fevereiro de 2018. Investidores: DST Global, QED Investors, Redpoint Ventures, Ribbit Capital, Dragoneer Investment Group, Thrive Capital.
  • Tencent: US$ 180 milhões em outubro de 2018.
  • Série F: US$400 milhões. Investidores: TCV, Tencent, DST Global, Sequoia Capital, Dragoneer, Ribbit Capital e Thrive Capital.

Os investidores do Nubank

Cada participante de uma rodada de investimentos se torna um investidor do Nubank. Portanto, são nossos investidores: Sequoia Capital, Kaszek Ventures, Tiger Global Management, QED Investors, Founders Fund, DST Global, Redpoint Ventures, Ribbit Capital, Dragoneer Investment Group, Thrive Capital e Tencent.

Saiba mais sobre cada um deles:

Sequoia Capital

A Sequoia é uma empresa de venture capital que já investiu em mais de 250 startups e empresas, entre elas o Google, Apple e Yahoo!, em diversos países. Ela investe em empresas do setor de finanças, energia, saúde e internet, e hoje conta com nove escritórios espalhados pelo mundo

Executivos como Steve Jobs, Larry Ellison, John Morgridge, Jerry Yang, Elon Musk, Larry Page, Jan Koum, Brian Chesky, Drew Houston, Adi Tatarko e outros estão entre os que lideraram empresas que receberam investimentos da Sequoia.

Além disso, as companhias em que a Sequoia investiu hoje representam mais de 20% do valor total da NASDAQ, bolsa norte-americana em que estão listadas empresas de tecnologia.

Kaszek Ventures

A Kaszek foi fundada em 2011 por Nicolás Szekasy e Hernán Kazah, ex-CEO e cofundador do MercadoLibre. Ela é um fundo de venture capital latino-americano que atua em três capitais: São Paulo, Buenos Aires e Cidade do México, buscando empresas de tecnologia que têm alto impacto.

Tiger Global Management

A Tiger Global Management já investiu em empresas como SurveyMonkey, Warby Parker, Yandex, Facebook, LinkedIn, Flipkart, Netshoes e 99, entre outras. Seus investimentos também são focados em empresas de tecnologia e internet.

QED Investors

O fundo norte-americano investe em empresas do setor financeiro que ainda estão em estágio inicial. Elas são, em sua maioria, da América Latina, do Reino Unido e dos Estados Unidos. Algumas das startups que receberam investimentos do fundo são a SoFi, LendUp e GreenSky.

Founders Fund

Founders Fund investe em empresas do setor de ciência e tecnologia dedicadas a resolver alguns dos maiores desafios do mundo. O fundo e seus sócios foram investidores iniciais de algumas das empresas mais proeminentes das últimas décadas, como SpaceX, Palantir, Facebook e Airbnb.

DST Global

A empresa já participou de 75 rodadas de investimentos diferentes, das quais liderou 33. Xiaomi, Twitter e Facebook estão entre as empresas que já tiveram a DST como investidora. Fundada em 2009 pelo investidor Yuri Milner, ela atua exclusivamente com empresas relacionadas à internet e lidera esse setor.

Time do Nubank

Redpoint Ventures

Além do Nubank, o fundo de venture capital norte-americano investe em outras startups brasileiras, a Viajanet e OpenEnglish. Netflix, Zendesk e PSafe também estão no seu portfólio.

Ribbit Capital

O fundo norte-americano aposta, no geral, em startups do setor financeiro e de seguros, as chamadas fintechs e insurtechs. Todas as startups em que investe também estão em estágio inicial – isto é, que estão buscando investimentos para começar a operar.

Dragoneer Investment Group

O Dragoneer é um fundo de investimento com sede em São Francisco, nos Estados Unidos, que investe em uma variedade de empresas ao redor do mundo – em especial, negócios ligados à tecnologia. Dragoneer já investiu em empresas como Airbnb, Alibaba, Etsy, Facebook, Netflix, Spotify, Uber, entre outras.

Thrive Capital

A empresa de venture capital e private equity norte-americana foi fundada em 2009 e já investiu, desde então, em empresas como Instagram, Spotify, Harry’s e Oscar.

Tencent

A companhia chinesa foi fundada em 1998 e hoje tem ações negociadas na bolsa de valores de Hong Kong. Ela é dona do aplicativo WeChat, o mais famoso na China, da rede social chinesa QZone e da Weixin, todas provedoras de conteúdo digital, além de prestar serviços de pagamentos, segurança, serviços na nuvem e inteligência artificial para seus parceiros.

O investimento no Nubank marcou a primeira aposta da Tencent no Brasil.

TCV

Fundada em 1995, a TCV fornece capital para empresas públicas e privadas em fase de crescimento no setor de tecnologia. Ela já investiu mais de US$ 11 bilhões em empresas líderes em tecnologia, incluindo mais de US$ 1,5 bilhão em fintechs. Algums das empresas incluem Airbnb, Dollar Shave Club, Facebook, LinkedIn, Netflix e Spotify. A TCV está sediada em Menlo Park, na Califórnia, e possui escritórios em Nova York e Londres.