Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Como funcionam as chaves...

Como funcionam as chaves do Pix?

Você pode registrar seu CPF, ou seu e-mail, ou seu telefone para receber e enviar dinheiro de forma mais simples com o Pix. Mas atenção: você não é obrigado a cadastrar nada para usar o novo sistema de pagamentos instantâneos.

Ainda neste ano, no mês de novembro, será lançado o Pix – novo meio de pagamentos instantâneos do Banco Central. Muito já têm se falado sobre ele: o que é, como vai funcionar, seus benefícios e as chaves do Pix, uma característica deste meio que vai permitir receber transferências sem compartilhar seus dados bancários. Mas… como funcionam as chaves do Pix?

De forma resumida:

  • As chaves do Pix são informações que você pode vincular a cada conta – como um apelido – para não precisar passar seus dados bancários a cada vez que for solicitar um pagamento;
  • Na hora de fazer um Pix (transferência ou pagamento) você pode escolher passar seus dados bancários ou passar esse apelido (chave);
  • As chaves podem ser seu CPF ou CNPJ, seu e-mail, seu telefone ou um código gerado de forma automática pelo sistema – a chamada chave aleatória;
  • Por exemplo: você registra seu e-mail como uma chave Pix na sua conta no Banco A. Assim, se quiser receber um pagamento nela, só precisa passar o seu e-mail para o pagador;
  • As chaves do Pix não são obrigatórias para usar o Pix. Elas são uma opção. 

Agora, para explicar em detalhes como funcionam as chaves do Pix, é importante voltar algumas casas para entender melhor o que são as chaves.

O que são as chaves do Pix mesmo?

As chaves do Pix são como o endereço da sua conta. Segundo o Banco Central, elas  são “‘apelidos’ utilizados para identificar a sua conta” que podem ser usadas para receber ou enviar dinheiro sem precisar passar todos os seus dados como acontece com TED e DOC atualmente.

As chaves Pix podem ser 

  • CPF ou CNPJ;
  • E-mail;
  • Número de telefone celular;
  • Chave aleatória (gerada pelo sistema caso você queira cadastrar um apelido mas não queira ou possa usar algum dos outros dados acima). 

Calma… É obrigatório registrar uma chave Pix?

Não. Registrar uma chave do Pix não é obrigatório para poder receber ou realizar um pagamento instantâneo, mas é altamente recomendável, segundo o Banco Central. 

A grande vantagem de registrar uma chave do Pix é não precisar passar seus dados bancários para solicitar uma transferência – e nem, por exemplo, seu CPF, caso você deseje registrar somente um endereço de e-mail. Você tem total controle sobre quais dados deseja compartilhar e com quem. E, claro: acelerar o processo de realizar uma transferência.

Na prática: fazer um Pix funciona como um TED ou DOC: você pode passar os dados da sua conta normalmente para uma transferência e, na hora, escolher a opção Pix no lugar de outras alternativas. 

No entanto, o usuário também pode registra uma “chave Pix” em cada uma das suas contas – essa é uma opção, não uma regra. 

Como funciona a chave do Pix? Me dá um exemplo?

A chaves seriam como o endereço de sua conta no Pix: se você é cliente de um banco ou fintech que aderiu ao Pix, sua conta poderá fazer e receber pagamentos desse tipo. 

Para facilitar o processo, você pode registrar até cinco chaves nesta conta (ou 20, se for pessoa jurídica) – assim, só precisa passar a chave na hora de receber uma transferência ou pagamento instantâneo, e não todos os dados como acontece com TED e DOC atualmente.

Por exemplo: você registra seu e-mail como chave do Pix na sua conta no banco A. Isso significa que o seu e-mail agora é o apelido dessa conta. Quando quiser receber dinheiro nela você pode OU passar todos os seus dados bancários (nome, CPF, número da conta) ou simplesmente dar o seu e-mail. 

A pessoa que for fazer o pagamento só precisa colocar seu e-mail (chave) na hora de preencher os dados para que o dinheiro caia na sua conta. 

Veja tudo sobre as chaves do Pix.

Como registrar as chaves do Pix?

O registro das chaves do Pix poderá ser feito pelos canais digitais (aplicativo ou internet banking) das instituições financeiras onde os usuários têm uma conta aberta. 

É importante dizer: será possível registrar todas as chaves em uma mesma instituição ou em instituições diferentes. Essa é uma escolha do usuário.

Ao registrar uma chave, será necessário confirmar a posse daquele dado – em outras palavras, que ele realmente é seu. Para isso, a instituição deve enviar um código por SMS para o número de telefone celular que será adicionado ou por e-mail para o endereço informado; esse código deve ser informado no canal da instituição onde o registro está sendo feito.

A partir do dia 5 de outubro, será possível adicionar as chaves em todas as instituições participantes do Pix. Pessoas físicas podem registrar até cinco chaves por conta da qual sejam titular, e pessoas jurídicas até vinte. Segundo o BC, não é permitido registrar uma mesma chave para contas diferentes.

Atenção: é possível pedir a portabilidade das chaves caso o usuário decida mudar a conta vinculada a ela. A portabilidade das chaves deve ser solicitada diretamente na instituição onde ele deseja registrá-la.

A partir do dia 5 de outubro, será possível registrar as suas chaves do Pix no Nubank, através de nosso aplicativo. Saiba mais.

Fique por dentro das novidades do Pix no Nubank

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.43

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post