Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Organizar as Finanças 8 lições sobre dinheir...

8 lições sobre dinheiro e negócios de séries indicadas ao Globo de Ouro 2021

Quem maratonou essas produções aprendeu ensinamentos valiosos sobre finanças e empreendedorismo. Atenção: contém spoilers!

No dia 28 de fevereiro, o mundo todo fica sabendo quem levou o Globo de Ouro 2021 – a 78ª edição do prêmio que reconhece as melhores produções para TV, cinema e streaming. E se engana quem pensa que só de belos looks (e outros nem tanto), piadas ruins e discursos emocionantes vive a premiação.

Quem maratonou as séries indicadas ao Globo de Ouro 2021, por exemplo, aprendeu boas lições sobre como lidar com dinheiro ou com uma empresa – e percebeu que, muitas vezes, a vida passa longe de mitos reproduzidos na telinha (sério, em que mundo uma jovem profissional que trabalha numa agência de publicidade vai ter dinheiro pra vestir só roupa de grife?). 

Mas, se você não assistiu, não tem problema. Vista sua melhor roupa, coloque seu melhor carão e veja as lições que indicados a séries do Globo de Ouro ensinaram.

ATENÇÃO: contém spoilers!

Emily in Paris – indicada a Melhor Série de Comédia ou Musical no Globo de Ouro 2021

A série bombou nas redes sociais, dividiu opiniões e deixou boas lições – e mitos. 

Lição 1: Ao receber uma proposta profissional, pesquise bem antes

Emily, uma jovem profissional que trabalha numa agência de Chicago, nos Estados Unidos, recebe uma proposta para trabalhar numa agência em Paris, na França. E, com todos os bons clichês parisienses na cabeça, ela aceita.

Chegando lá, o que parecia um sonho não era bem assim: a cultura da empresa é completamente diferente do que ela imaginava, as pessoas debocham do fato de ela ser americana e ela tem muita dificuldade em ser ouvida. A verdadeira definição de “pensei que era amor, mas era cilada”.

Por isso, se você receber uma proposta de trabalho, pesquise bem antes de aceitar. Procure entender como é a cultura da empresa, o que os atuais e os antigos funcionários dizem sobre ela, como a companhia atua… Tudo isso vai te ajudar a tomar a melhor decisão para sua vida profissional – e pessoal também.

Licão 2: Escolha bem um sócio para o seu negócio

Gabriel, o chef galã, sonha em abrir o próprio restaurante, mas não tem dinheiro para isso. A família rica de sua namorada, Camille, até se oferece para entrar como sócia do negócio, mas ele não se sente confortável com isso e recusa.

No fim, Gabriel conquista um sócio-investidor pelo estômago e consegue o dinheiro para realizar o sonho do bistrô próprio – sem precisar entrar numa relação de dependência complicada com a família de Camille.

Ou seja: se você, assim como Gabriel, também quer ter uma empresa para chamar de sua, é essencial escolher bem quem vai estar do seu lado nessa empreitada. Afinal, um sócio errado pode mais atrapalhar do que ajudar.

Por isso, mesmo que você esteja desesperado em busca de um sócio-investidor, tome o tempo necessário para encontrar a pessoa certa – seu eu do futuro agradece.

Lição 3: Não se iluda com a vida de bon-vivant de Emily

Emily é uma jovem profissional do mundo da publicidade que acabou de se mudar para Paris, só usa roupa de grife, come fora praticamente todos os dias, passa pouco tempo no escritório e resolve tudo pelo celular em alguns segundos. Se isso te parece muito bom pra ser verdade, é porque não é verdade mesmo.

Emily não vem de uma família rica, é jovem, está no início da carreira, Paris é uma cidade caríssima e comprar roupas de grife custa muito caro.

Por isso, não se iluda com a vida de bon-vivant de Emily. Para manter esse padrão, é necessário um salário muito alto – algo totalmente incompatível com a realidade da maioria dos jovens profissionais.

O Gambito da Rainha – indicada a Melhor Série Limitada no Globo de Ouro 2021

A minissérie ganhou o coração dos brasileiros com uma história envolvente, personagens bem construídos e boas lições sobre a vida.

Lição 1: Faça as contas antes de fazer um investimento arriscado

Vendo que campeonatos de xadrez pagam bons prêmios em dinheiro, a mãe adotiva de Beth Harmon decide custear sua ida a um torneio em Cincinnati, no estado de Ohio, nos Estados Unidos. Para isso, entretanto, tem que pagar as passagens de ônibus, hospedagem e alimentação.

Ela não tem garantia de que Beth vai ganhar a competição, mas decide apostar mesmo assim. É arriscado? Sim. Mas, antes, ela faz contas, delimita quanto pode gastar com hospedagem e alimentação e percebe que, mesmo que a enxadrista ganhe em segundo ou terceiro lugar, o investimento ainda traz lucro.

Como Beth é realmente muito boa e aposta na vitória, atingir esse resultado acaba gerando bons frutos. No fim, ela ganha o campeonato e as duas voltam pra casa com bons dinheiros no bolso.

Ou seja: se for fazer um investimento arriscado, faça as contas antes, veja se realmente consegue bancar e calcule as chances de retorno. Caso contrário, pode acabar no prejuízo.

Lição 2: Dinheiro na mão (sem organização financeira) é vendaval

Beth é uma jogadora de xadrez excepcional e acumula vitórias em campeonatos – e, consequentemente, ótimos prêmios em dinheiro. O problema é que, com a mesma velocidade que entra, o dinheiro também vai embora sem nenhum controle ou organização.

Resultado? Na hora de ir para o campeonato mundial na Rússia e enfrentar seu maior adversário, Beth está sem dinheiro e precisa correr atrás de um empréstimo ou patrocínio.

E não pense que esse erro é exclusivo dela. É comum pessoas que começam a receber salário saírem gastando sem planejamento ou organização e acabarem endividadas depois. 

A tentação para gastar é grande? É, mas vale fazer contas antes para isso não virar uma grande dor de cabeça depois.

Lição 3: Formalize negociações que envolvem dinheiro

Depois que Rebecca morre, o pai adotivo de Beth – que tinha sumido há anos – diz que ela pode ficar com a casa caso pague a hipoteca. Um tempo depois, entretanto, ele aparece com um advogado afirmando que o imóvel é dele.

Como não existia nenhum papel formalizando o antigo acordo, Beth se vê obrigada a comprar a parte do pai para ficar com a casa.

Por isso, sempre que fizer uma negociação que envolve dinheiro, formalize – mesmo que seja uma quantia pequena, com familiares ou amigos próximos. Assim, você previne qualquer problema no futuro.

Schitt’s Creek – indicada a Melhor Série de Comédia ou Musical

A série bombou nas redes sociais no Brasil e conquistou os corações – e as risadas – dos brasileiros que gostam de um humor ácido e inteligente. 

Lição 1: Viver dentro de sua realidade financeira é essencial

Vítimas de um golpe, a família Rose perde toda sua fortuna e é obrigada a viver com quase nada. O problema é que eles têm uma dificuldade enorme de abrir mão dos velhos hábitos de gente milionária – o que, como você deve imaginar, não acaba bem.

A situação só começa a melhorar quando eles entendem que não têm mais a vida que levavam antes e buscam encaixar sua realidade nesse novo padrão.

Claro que, no mundo real, poucas pessoas começam milionárias e perdem tudo, mas muita gente tenta ter um padrão de vida que não cabe nas próprias finanças – resultando em dívidas, contas atrasadas e por aí vai.

Para não cair nessa cilada, é importante reconhecer até onde seu dinheiro pode te levar e gastar de maneira proporcional à renda. 

Lição 2: Não basta uma boa ideia para abrir um negócio

Um dos personagens principais, David Rose, resolve abrir uma loja. Ele é criativo e tem uma ótima ideia para o negócio, mas zero conhecimento sobre contabilidade.

Tinha tudo para dar errado, mas ele encontra uma pessoa que entende de gestão financeira e, juntos, eles conseguem fazer funcionar.

Isso não significa que você precisa de um sócio ou ter MBA em administração para começar uma empresa, mas é importante, sim, ter conhecimentos básicos sobre como gerir um negócio ou encontrar alguém que assuma esse papel. Afinal, apenas uma boa ideia não faz uma loja parar de pé.

Quer empreender? Veja alguns conteúdos que podem te ajudar nessa jornada

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.86

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post