Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Festival AFROPUNK desemb...

Festival AFROPUNK desembarca na Bahia com patrocínio do Nubank

Um dos mais importantes movimentos da cultura negra do mundo, o AFROPUNK ganha a primeira edição presencial, em Salvador, e transmissão virtual ao vivo. Conheça a parceria e a programação



O Nubank nasceu com a missão de mudar o sistema financeiro e desafiar o status quo para ajudar a transformar a vida dos brasileiros. Somos inconformados por natureza, e este é um dos valores que nos une ao Festival AFROPUNK, um dos maiores movimentos globais de cultura negra que o Nubank patrocina este mês na Bahia. 

Sua primeira edição na América Latina acontece no dia 27 de novembro de 2021, em Salvador, e as atrações do evento já foram divulgadas. Com shows de Mano Brown, Ilê Aiyê, Luedji Luna, Tássia Reis, Malia, Urias e Margareth Menezes, entre outros artistas, o encontro pretende ampliar a roda de cultura e conversas em torno das heranças afroindígenas que unem milhões de pessoas pelo mundo.

“Acreditamos que apoiar organizações e eventos de impacto cultural e social como o AFROPUNK é extremamente importante para valorizar e celebrar a trajetória das comunidades envolvidas, além de incentivar seu protagonismo”
Arturo Nuñez, CMO do Nubank.

A renda arrecadada pela venda de ingressos dos shows presenciais do AFROPUNK será 100% revertida para o projeto socioeducativo Quabales, com sede no bairro de Nordeste de Amaralina, na capital baiana. Os shows também serão transmitidos gratuitamente pelo canal do festival no YouTube e pelo site.

Nubank e AFROPUNK, uma parceria inédita 

Além de patrocinador do Festival AFROPUNK, o Nubank também vai promover rodas de conversa entre diferentes pensadores e expoentes da cultura afro-brasileira.

No aquecimento para o festival, as quatro mesas redondas acontecem nos dias 25 e 26 de novembro, a partir das 18h30, e serão transmitidas online também pelo canal do YouTube e no site. Todas as rodas de conversa serão mediadas por Monique Evelle, consultora de inovação no Nubank. Serão elas:

RODA DE CONVERSA 1: 

PROTAGONIZANDO NOSSAS NOVAS HISTÓRIAS

Assumindo nosso tamanho e contando nossas histórias.

A proposta dessa conversa é compartilhar caminhos e estruturas que foram essenciais para as conquistas atuais de cada convidade. Falar sobre o que foi difícil e sobretudo o que segue sendo necessário para que mais pessoas consigam assumir seu tamanho e contar suas novas histórias.

Data: Quinta-Feira, 25 de Novembro
Horário: 18h30

Convidades:

Arturo Nuñez – Chief Marketing Officer no Nubank
Joana Mendes – Diretora de Criação da RGA e presidenta da Chapa Preta no Clube de Criação

Monique Lemos | CEO da consultoria de pesquisa e gestão estratégica Topográficas

RODA DE CONVERSA 2: 

AFETO COMO ESTRUTURA
Celebrar as redes, os processos, contar histórias reais e falar sobre onde não estamos olhando quando falamos de empreendedorismo preto e indígena.

Esse papo visa compartilhar caminhos sobre os quais não se costuma falar e agradecer. A ideia é celebrar as redes, os processos, contar histórias reais e discutir sobre onde não estamos olhando quando se fala em empreendedorismo nas nossas perspectivas.

Data: Quinta-Feira, 25 de Novembro
Horário: 19h30

Convidades:

Tati Santarelli | CEO da TeamHub

Arthur Igor | Startup Afrosaúde 

Lili Almeida | Cozinheira, comunicadora e colunista da GNT

RODA DE CONVERSA 3: 

INEDITISMO, ASCENSÃO E AUTONOMIA 

A última geração de primeiros

O objetivo desta roda de conversa é compartilhar processos de ascensão e apropriação de movimentos de ineditismo e autonomia. Sobre como estão sendo construídos os espaços e o sentimento de ser “a última geração de primeiros”, como diz a convidada Samantha Almeida.

Data: Sexta-Feira, 26 de Novembro
Horário: 18h30

Convidades:

Vitor Martins | Especialista em Diversidade e Inclusão LATAM do Nubank 

Samantha Almeida | Diretora de Criação na Globo

RODA DE CONVERSA 4: 

CONSTRUINDO REALIDADES, ABRINDO A RODA
Nossos sentidos de inovação e investimento em futuros plurais e potentes. 

Nesta conversa, os convidades vão discutir a importância de construir novas linguagens e sentidos  sobre o que chamamos de inovação. Como as vivências e pesquisas podem potencializar a construção de futuros plurais e potentes.

Data: Sexta-Feira, 26 de Novembro
Horário: 19h30

Convidades:

Géssica Justino | Especialista em Cultura e comportamento

Obirin Odara | Mestra em Políticas Sociais e pesquisadora dos temas de colonialidade, racismo e Estado

Gabriela Rodrigues | Comunicadora Social • Especialista em Neurociência • Head de Cultura e Impacto na SOKO

AFROPUNK, uma potência global

Surgido em 2005 da contracultura afro no bairro do Brooklyn, em Nova York, o AFROPUNK é um dos mais importantes eventos do tipo no mundo. 

Além da música, outras formas de expressão da cultura negra têm destaque no festival, como a moda, o cinema, a arte e a literatura, além de discussões do ativismo em pautas de gênero, corpos e raça. Ele ficou conhecido pelos visuais criativos e empoderados que o público costuma criar para os dias de evento.

Em suas redes sociais, a plataforma seguida por mais de 1 milhão de pessoas ao redor do mundo dissemina o trabalho de criadores de conteúdo e artistas negros. O AFROPUNK já aconteceu em cidades como Atlanta, Paris, Londres e Joanesburgo, e chega pela primeira vez à América Latina na edição em Salvador.

4.2

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post