Os principais problemas que os consumidores enfrentam na Black Friday – e como fugir deles

27 de novembro de 2020

O site do Reclame Aqui, sempre acompanha a Black Friday e monitora o comportamento de quem compra e de quem vende, além das queixas postadas na página.

As 8 maiores reclamações da Black Friday

O Reclame Aqui fez um compilado das principais reclamações dos consumidores dos últimos anos.

Veja o ranking a seguir.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano         Principais reclamações

 2013     

   8,5 mil reclamações.  - Dificuldade para acessar sites;  - Falta de estoque dos produtos anunciados.

 2014    

 12 mil reclamações.  - Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;  - Maquiagem de preços;  - Sumiço de produtos do carrinho virtual.

Ano         Principais reclamações

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

 2015    

   4, 4 mil reclamações.  - Propaganda enganosa;  - Problemas para finalizar a compra;  - Divergência de valores.

 2016   

 2,9 mil reclamações.  - Propaganda enganosa;  - Divergência de valores;  - Problemas para finalizar a compra.

Ano         Principais reclamações

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

 2017   

   3,5 mil reclamações.  - Propaganda enganosa;  - Problemas para finalizar a compra;  - Divergência de valores.

 2018 

 5,6 mil reclamações.  - Propaganda enganosa;  - Divergência de valores;  - Problemas para finalizar a compra.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano         Principais reclamações

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

 2019  

   8,8 mil reclamações.  - Propaganda enganosa; - Problemas para finalizar a compra;  - Divergência de valores.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

Ano Principais reclamações 2013 8,5 mil reclamações.- Dificuldade para acessar sites;- Falta de estoque dos produtos anunciados. 2014 12 mil reclamações.- Problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras;- Maquiagem de preços;- Sumiço de produtos do carrinho virtual. 2015 4, 4 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2016 2,9 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2017 3,5 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores. 2018 5,6 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Divergência de valores;- Problemas para finalizar a compra. 2019 8,8 mil reclamações.- Propaganda enganosa;- Problemas para finalizar a compra;- Divergência de valores.

O fazer se tiver um desses problemas?

No caso de propaganda enganosa, por exemplo, o consumidor pode tentar contato com o ofertante e escolher entre as seguintes alternativas: a obrigação de cumprir exatamente o que diz a oferta, outro produto ou serviço equivalente ao adquirido ou a rescisão do contrato e a devolução do valor pago. Se o fornecedor não responder à solicitação ou der um retorno negativo, a reclamação pode ser registrada junto no Procon da sua cidade. Se enfrentar problemas para finalizar a compra, fique atento e confira se o valor foi cobrado, de fato, no seu cartão. Se houve cobrança indevida, entre em contato com o estabelecimento e solicite o estorno. De acordo com a lei 10.962, de 2004, caso haja divergência de preços para um mesmo produto entre os sistemas de informação de preços utilizados pelo estabelecimento, o consumidor tem o direito de pagar o menor deles.

No caso de propaganda enganosa, por exemplo, o consumidor pode tentar contato com o ofertante e escolher entre as seguintes alternativas: a obrigação de cumprir exatamente o que diz a oferta, outro produto ou serviço equivalente ao adquirido, a rescisão do contrato e a devolução do valor pago ou regritrar uma reclamação no Procon da sua cidade.

Se enfrentar problemas para finalizar a compra, fique atento e confira se o valor foi cobrado, de fato, no seu cartão.  Se houve cobrança indevida, entre em contato com o estabelecimento e solicite o estorno.

De acordo com a lei 10.962, de 2004, caso haja divergência de preços para um mesmo produto entre os sistemas de informação de preços utilizados pelo estabelecimento, o consumidor tem o direito de pagar o menor deles.

Veja mais dicas para evitar problemas durantes durante suas compras: