Inflação sobe 0,71% em março: entenda o impacto no seu bolso e os itens que ficaram mais caros e mais baratos no mês

Inflação sobe 0,71% em março: entenda o impacto no seu bolso e os itens que ficaram mais caros e mais baratos no mês

O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), índice oficial da inflação, teve uma alta de 0,71% em março. No acumulado de 2023, os produtos ficaram 2,09% mais caros.Já nos últimos 12 meses, os preços subiram 4,65%, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Inflação é o aumento do preço de bens e serviços. E ela já começou o ano em alta. Em fevereiro, foram os reajustes das matrículas, mensalidades e material escolar que pesaram. Agora, quem lidera os aumentos são os combustíveis e alimentos.

O que aconteceu
em março?

Uma inflação maior corrói o valor do dinheiro. Ou seja, o que você comprava ontem com R$ 100 já não consegue comprar hoje.

Como a inflação afeta o seu bolso?

Além disso, a inflação afeta o custo de muitos produtos financeiros que você conhece bem, como seu cartão de crédito. Ou seja, tudo fica mais caro.

Os produtos e serviços dos setores de Transportes e Saúde foram os que mais influenciaram o aumento da inflação em março. Dos 9 setores analisados pelo IBGE, oito apresentaram alta no mês.

Como ficaram os preços em março?

Morango: + 29,18%
Manga: + 28,92%
Cenoura: + 28,58%
Abobrinha: + 13,25%
Limão: + 12,88%
Açaí: + 10,83%
Mamão: + 9,80%
Repolho: + 9,67%
Gasolina: + 8,33%
Uva: + 8,05%

O que ficou 
mais caro?

Batata-inglesa: – 12,80%
Laranja: –12,03%
Maçã: – 10,72%
Tangerina: – 10,63%
Pera: – 8,65%
Pepino: – 8,46%
Cebola: – 7,23%
Banana-prata: – 6,81%
Abacate: – 6,69%
Banana-maçã: – 6,09%

E o que ficou 
mais barato?