Conheça a primeira  moeda  colorida  do Brasil

Conheça a primeira  moeda  colorida  do Brasil

Atenção, colecionadores:

Atenção, colecionadores:

O Banco Central lançou, no dia 26 de julho de 2022, duas moedas comemorativas, uma em prata e outra em cuproníquel, em homenagem aos 200 Anos da Independência do Brasil (celebrado em 7 de setembro deste ano).

Moeda colorida?

Moeda colorida?

Sim! A moeda feita em cuproníquel é a primeira da história do Brasil com detalhes coloridos em um dos lados. A parte da frente tem uma faixa verde e amarela, acompanhada da primeira estrofe do Hino da Independência e do valor de face de R$ 2 (o valor que aparece na moeda).

Já na parte de trás é possível ver a cena do grito da independência nos moldes retratados pelo pintor Pedro Américo no quadro Independência ou Morte.

A versão em prata tem uma bandeira do Brasil na parte da frente, acompanhada do valor de face de R$ 5 e da primeira estrofe do Hino da Independência.

A parte de trás retrata a sessão do Conselho de Estado, presidida pela princesa Leopoldina e com a participação de José Bonifácio, que culminou no envio de cartas que pediam que Dom Pedro rompesse com a coroa portuguesa.

Mesmo sendo destinadas apenas a colecionadores, as moedas podem, sim, ser usadas como meio de pagamento no comércio pelo valor de face (de R$ 2 e de R$ 5), caso o comerciante aceite.

Dá para pagar com as moedas comemorativas?

Porém, a produção das moedas não se destina à livre circulação e o uso das peças comemorativas como meio de troca acaba gerando prejuízo ao colecionador.