O que saber antes de investir em ações

Está pensando em começar a investir na Bolsa? Confira algumas informações importantes antes de entrar no mundo das ações.

1. O que são ações?

Ações são pedacinhos de uma empresa que você pode comprar e vender na Bolsa. Quando você investe em ações, se torna sócio ou sócia de uma empresa.

2. Existem tipos diferentes de ações

Existem três principais tipos de ações negociadas na Bolsa de Valores: ordinárias, preferenciais e units.

Ordinárias (ON) Dão ao investidor direito a voto em assembleias gerais convocadas pela empresa. Na Bolsa de Valores, essas ações podem ser identificadas pelo final 3.

Preferenciais (PN) Dão prioridade no recebimento de dividendos e/ou de um reembolso em caso de liquidação da empresa. Têm os finais 4,5,6,7 ou 8 na Bolsa.

Units São um conjunto com os dois tipos de ações (ordinárias e preferenciais) negociadas em um mesmo pacote.

3. O código da ação é chamado de ticker

Conhecido como ticker, o código da ação é formado por letras e números. As ações ordinárias têm o número 3 no final do código. Já as preferenciais têm 4,5,6,7 ou 8 no final do ticker.   

4. É possível investir em ações com pouca grana

Não existe um valor mínimo para investir em ações, mas é preciso respeitar algumas regras.

O valor para o investimento depende do tipo de ativo escolhido e da quantidade comprada.

Algumas empresas possuem ações que podem custar R$ 30. Mas, no lote padrão, é possível que seja obrigatório comprar pelo menos 100 ações.

Os investidores também podem usar o mercado fracionário – em que é possível comprar entre 1 e 99 ações. Aí, caso encontre uma empresa com ações valendo R$ 1, este será então o seu valor mínimo.

5. Existe mais de uma maneira de ganhar dinheiro com ações

Existem duas formas de ganhar dinheiro com ações: vender por um preço mais alto do que comprou e receber dividendos (parte do lucro distribuída aos acionistas).

6. Investir em ações sempre envolve riscos

Ações são consideradas um investimento de alto risco. Por isso, é recomendável começar a investir na Bolsa só depois de ter uma reserva de emergência.

A reserva de emergência é o dinheiro que você poderá usar em caso de imprevistos. Esse valor deve ser aplicado em um investimento de baixo risco e que pode ser sacado em até um dia útil (rápida liquidez).

Também é importante conhecer seu perfil de investidor para entender qual é o tipo de aplicação indicada para você.

Veja mais detalhes sobre investimento em ações

👆🏼