Bandeira Amarela na conta de luz em janeiro: entenda o que significa

5 de janeiro de 2021

Em dezembro, o consumidor pagava um valor extra. Veja o que muda.

A bandeira tarifária utilizada como referência para as contas de luz será amarela em janeiro de 2021, segundo decisão da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Com isso, o preço da energia fica em R$ 1,34 para cada 100 quilowatts-hora. O valor é menor do que o estabelecido para o mês passado – quando foi ativada a bandeira vermelha, com preço de R$ 6,2 para cada 100 quilowatts consumidos por hora.

Como funciona o sistema de bandeiras tarifárias?

O sistema de bandeiras tarifárias é uma forma da ANEEL sinalizar como estão as condições e os custos de geração de energia no país.

Quando a produção nas usinas hidrelétricas está favorável, com reservatórios cheios, por exemplo, vale a bandeira verde. Ou seja: não há acréscimo de tarifa.

Em condições ruins, são acionados os próximos níveis: bandeiras amarela, vermelha 1 ou vermelha 2.

Na mudança para a bandeira amarela, a Agência informou ter identificado melhoria no cenário de produção hidrelétrica com elevação das vazões dos afluentes dos principais reservatórios.