Auxílio emergencial: 5 das maiores dúvidas de 2020

21 de dezembro de 2020

Ele foi prorrogado? Qual o calendário? Estamos em qual parcela? E em 2021? Veja respostas.

Mais de 40 milhões de brasileiros receberam o auxílio emergencial em 2020 – e boa parte deles ainda está recebendo esses pagamentos, que serão feitos até janeiro de 2021.

O Auxílio Emergencial começou a ser pago em Abril, e, ao longo do ano, surgiram muitas dúvidas sobre seu funcionamento.

Veja algumas das principais buscas sobre o tema feitas no Google em 2020.

Ao longo do ano, o calendário do auxílio emergencial mudou. Veja a situação atual para cada grupo de beneficiário:

Calendário do auxílio emergencial – qual é?

1

– Quem recebeu a 1ª parcela do auxílio entre abril e julho:Já recebeu todas as cinco parcelas de R$ 600. Em dezembro, esses beneficiários devem receber o último pagamento da parcela de R$ 300.

1

– Quem foi aprovado para o auxílio em outubro:Já recebeu a primeira e segunda parcelas de R$ 600. Em dezembro, beneficiários recebem (de forma digital) a 4a, 5a e 6a parcelas.

1

– Quem foi aprovado para o auxílio em novembro:Recebe a primeira parcela de R$ 600 entre 13 e 29 de dezembro.Recebe a 2a, 3a, 4a, 5a e 6a parcelas do auxílio entre 19 de dezembro e 27 de janeiro.

1

Depende de quando o beneficiário recebeu a primeira parcela do benefício ou quando foi aprovado. 

Parcela do auxílio emergencial – em qual estamos em dezembro?

2

– Quem recebeu os R$600 até julho, está recebendo alguma das parcelas de R$ 300 a que tem direito;– Quem foi aprovado em outubro, recebe em dezembro a 4a, 5a e 6a parcelas de R$ 600;– Quem foi aprovado em novembro, recebe até o final de dezembro a 1a parcela de R$ 60

2

Quem fez o pedido do auxílio  e não foi aprovado ou teve o benefício bloqueado pode contestar a decisão no site do Dataprev.

Dataprev: auxílio emergencial pode ser contestado

3

3

Podem contestar:
– Pessoas que pediram o auxílio e foram informadas que não atendem a todos os critérios para recebimento;– Beneficiários que tiveram benefícios bloqueados ou cancelados;– Quem foi considerado inelegível ao recebimento do auxílio.

– De 09 a 18 de dezembro: contestar o cancelamento do Auxílio residual de R$ 300;– De 11 a 20 de dezembro:  
 o bloqueio ou cancelamento por indícios de irregularidades;– De 17 a 26 de dezembro : contestar a inelegibilidade ao auxílio residual de R$ 300;– De 20 a 29 de dezembro : beneficiários do Bolsa Família poderão contestar o cancelamento do auxílio.

Os prazos para 
contestar são:

Sim. No site do Dataprev ou no da Caixa Econômica, é possível consultar a situação do auxílio  – se foi aprovado, negado ou bloqueado.

Auxílio emergencial: consulta pode ser feita online?

4

Para fazer a consulta, basta acessar algum dos sites e informar o CPF, nome completo, data de nascimento e nome da mãe.

4

Além das quatro parcelas de R$ 300 do auxílio  residual, o benefício não foi prorrogado.Até o dia 16 de dezembro, não havia confirmação sobre o auxílio em 2021.

O auxílio emergencial foi prorrogado?

5