Atendimento presencial do INSS tem novas regras; veja quais são

Atendimento presencial do INSS tem novas regras; veja quais são

A partir de segunda, dia 4 de julho, as agências têm novo horário de funcionamento e outras regras novas. Saiba mais.

Os trabalhadores, aposentados e pensionistas que precisarem ir a uma agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) devem atender às novas regras de atendimento, que começam a valer a partir de segunda (4 de julho).

Além do horário de atendimento, também mudam o tipo de agendamento, as regras para acompanhante e de apresentação de documentos.

O que muda?

As agências funcionarão por 12 horas. O horário de atendimento ao público deve começar entre 7h e 8h. O horário da tarde será dedicado apenas a perícias médicas agendadas e a outros atendimentos internos.

Horário

Para ir até uma agência do INSS, é necessário fazer um agendamento pelo aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Agendamento

Apenas casos mais complexos, que não podem ser resolvidos de forma remota, podem ser atendidos sem agendamento, na modalidade "atendimento específico". Veja, ao lado, alguns desses casos.

Atendimento específico

- Impossibilidade de informação ou de conclusão do pedido pelos canais remotos; - Quando a Central 135 não puder atender à demanda e houver orientação para que a pessoa vá a uma agência; - Recursos pedidos por empresas; - Reativação do Benefício de Prestação Continuada (BPC), após atualização do CadÚnico.

Para entrar na agência, a pessoa precisa apresentar documento oficial com foto. Além disso, apenas segurados com deficiência auditiva podem entrar com acompanhante. Em outras situações, é o atendente quem decide se o segurado pode ou não entrar com alguém.

Documentos e acompanhante