4

lições do futebol para aplicar na sua vida financeira

O ano é 2022 e (quase) todo mundo está falando de futebol. Intimidade com a bola é essencial, mas o que faz diferença dentro de campo é a junção do conhecimento com a habilidade. Fora das quatro linhas, mais especificamente quando o assunto é dinheiro, a lógica é a mesma. Confira, a seguir, quatro lições do mundo do futebol que podem ajudar nas suas fianças.

1. É preciso ter disciplina

O troféu pode até ser entregue na partida final. Mas as conquistas no futebol são resultado de muito planejamento.Quando o assunto é finanças, depende do seu plano pessoal. Se você tem dívidas, por exemplo, a primeira coisa é se organizar para quitá-las.

2. As dívidas influenciam nos resultados

Clubes endividados tendem a desenvolver problemas que refletem no desempenho dos atletas em campo. Jogadores sem salários ou com pagamentos atrasados, por exemplo, podem se sentir desmotivados e até acabar indo para outros times.

E isso também pode acontecer com quem enfrenta problemas financeiros. Se você tem dívidas, entre em contato com a instituição financeira, banco ou pessoa para quem você deve. Fique atento aos juros e taxas cobradas e busque negociar valores

3. O conhecimento é tão importante quanto a prática

Ter habilidade com os pés é essencial para se destacar no esporte. Mas também é preciso ter conhecimentos que vão além da bola, como regras e estudo sobre o adversário.

No dia a dia, entender um pouco mais sobre o universo financeiro também ajuda a construir uma relação mais saudável com o seu dinheiro e a tomar melhores decisões. Por isso, a educação financeira é tão importante.Quanto mais cedo se aprende sobre finanças, maiores as chances de criar hábitos conscientes de consumo e traçar um planejamento de vida mais equilibrado.

4. Diversifique 
as suas táticas

4. Diversifique 
as suas táticas

A diversificação de táticas é necessária para reduzir os riscos. Os técnicos precisam pensar em diferentes situações, caso algum jogador tenha uma contusão ou outro imprevisto, por exemplo.
Outro cenário seria um clube investir em um único jogador caro, mas ter outros atletas sem a mesma habilidade.

No universo das finanças também é assim. Colocar o seu dinheiro em diferentes tipos de investimentos pode diminuir os riscos e aumentar o potencial de ganhos no longo prazo.