Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Saque do FGTS 2019: tudo...

Saque do FGTS 2019: tudo que você precisa saber

Ainda neste ano, trabalhadores poderão resgatar até R$ 500 de cada conta do Fundo de Garantia. Saiba como funciona essa medida e como realizar seu saque do FGTS em 2019.

O FGTS, sigla para Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, não é novidade para os brasileiros (mas, se não entender direito como ele funciona, a gente explica aqui).

Normalmente, o saldo só pode ser resgatado em algumas situações específicas, como a demissão sem justa causa ou a compra de um imóvel. Em julho, o Ministério da Economia anunciou a possibilidade de saque de até R$ 500,00 de cada conta que o trabalhador possuir no FGTS.

Como funciona o saque do FGTS em 2019?

Antes de explicar, vale lembrar como funciona o FGTS normalmente.

Cada emprego que um trabalhador tem, com registro na CLT, terá uma conta no FGTS – em outras palavras, é possível ter inúmeras contas no Fundo de Garantia: uma ativa, referente ao emprego atual, e outras inativas, referentes aos empregos anteriores. 

Quando um contrato de trabalho é rescindido, a empresa empregadora para de fazer depósitos na conta e ela se torna, portanto, inativa

Na prática, portanto, o saque do FGTS em 2019 funciona de maneira simples: se você possui três contas no FGTS, sendo duas delas inativas e uma ativa, poderá sacar até R$ 1.500, ou valor inferior a este, se desejar. Essa medida recebeu o nome de saque imediato do FGTS.

Quem possuir ao menos uma conta no FGTS, seja ela ativa ou inativa, pode realizar o saque imediato – e vale acrescentar: ele é opcional. Se você não desejar sacar os valores, não precisa fazê-lo.

Quando vou poder sacar os R$ 500 do FGTS?

Existem trêss calendários para o saque imediato do FGTS: um para quem possui conta poupança da Caixa, outro para quem é correntista da Caixa e um terceiro para quem não tem conta. Todos seguem os meses de nascimento dos trabalhadores.

As tabelas a seguir deixam mais claro quais serão as datas de saque.

Quem possui conta poupança na Caixa

Mês de aniversárioData do Crédito em Conta
Janeiro, Fevereiro, Março e Abrila partir de 13 de setembro de 2019;
Maio, Junho, Julho e Agostoa partir de 27 de setembro de 2019;
Setembro, Outubro, Novembro e Dezembroa partir de 9 de outubro.
  • Nascidos entre janeiro e abril poderão sacar a partir de 13 de setembro de 2019;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto poderão sacar a partir de 27 de setembro de 2019;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro poderão sacar a partir de 9 de outubro.

Correntistas da Caixa

Aqueles que não autorizarem depois da data limite receberão o depósito em conta somente na data seguinte.

Mês de AniversárioData do Crédito em Conta
​Janeiro, Fevereiro, Março e Abrilse autorizaram até 8 de setembro de 2019, recebem em 13 de setembro de 2019
​Maio, Junho, Julho e Agostose autorizarem até 22 de setembro de 2019, recebem em 27 de setembro de 2019
​Setembro, Outubro, Novembro e Dezembrose autorizarem até 4 de outubro de 2019, recebem em 9 de outubro de 2019

Não-correntistas

Os trabalhadores que não possuem conta poupança na Caixa Econômica poderão sacar os R$ 500 de cada conta a partir do dia 18 de outubro, seguindo o calendário a seguir:

Mês de Aniversário​Data de início do Saque
​Janeiro18 de outubro de 2019
​Fevereiro e março25 de outubro de 2019
Abril e maio​08 de novembro de 2019
​Junho e julho​22 de novembro de 2019
​Agosto29 de novembro de 2019
​Setembro e outubro​06 de dezembro de 2019
​Novembro e dezembro19 de dezembro de 2019​

Como fazer o saque do FGTS em 2019?

Existe um detalhe em relação ao saque imediato, que vale para correntistas da Caixa: quem tiver conta poupança na Caixa Econômica Federal não precisará sacar pessoalmente o valor – o depósito será feito automaticamente na conta; 

Se desejar, é possível solicitar o cancelamento do depósito automático na conta poupança pelo site ou Internet Banking da Caixa ou pelo App FGTS

Para quem não possui conta no banco, o saque deverá ser feito presencialmente, seguindo as seguintes regras:

  • Os saques de valor inferior a R$ 100,00 poderão ser feitos em casas lotéricas, apresentando carteira de identidade e número de CPF;
  • O saque de outros valores, de até R$ 500, poderão ser feitos nos terminais de autoatendimento da Caixa usando o CPF e a senha Cidadão, ou em correspondentes Caixa Aqui, usando documento de identificação e cartão do Cidadão com senha.

O saque do FGTS em 2019 é igual ao saque-aniversário?

Além do saque de R$500 de cada conta do FGTS, o Ministério da Economia anunciou também o chamado saque-aniversário do FGTS – que, basicamente, consiste em um saque anual de parte do saldo das contas do Fundo de Garantia. Ele segue um calendário diferente e uma tabela de valores específicos a serem sacados. 

Essa medida não está ligada ao saque imediato do FGTS. Isso significa que, ao sacar os R$ 500,00 das suas contas, você não está aderindo ao saque-aniversário – e vice-versa. Aqui você entende melhor como essa segunda novidade do saque funciona, suas regras e detalhes.