Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Quando posso sacar o FGT...

Quando posso sacar o FGTS?

O Fundo de Garantia fica disponível para saque em algumas situações muito específicas. Mas, com as novas medidas do governo, fica mais fácil realizar o saque. Saiba mais.

Todo trabalhador registrado no regime CLT tem direito ao FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Mensalmente, a empresa empregadora deposita uma quantia na conta do FGTS do trabalhador, equivalente a 8% do salário. Mas esse saldo não fica disponível para saque – e você deve se perguntar: “então, quando posso sacar o FGTS?”

Saque do FGTS antes de Julho de 2019 

Antes de o governo brasileiro anunciar, em Julho, duas medidas que liberam o saque do FGTS, só era possível sacá-lo em algumas situações específicas:

  • Demissão sem justa causa;
  • Aposentadoria;
  • Compra de casa própria;
  • Fechamento da empresa empregadora;
  • Término do contrato de trabalho de um trabalhador temporário;
  • Rescisão de contrato por comum acordo entre empregador e trabalhador – nesse caso, é possível sacar somente 80% do saldo da conta vinculada;
  • Falta de atividade remunerada para trabalhador avulso por 90 dias ou mais;
  • Ter idade igual ou superior a 70 anos;
  • Doenças graves (como Aids ou câncer) do trabalhador, esposa(o) ou filho, ou em caso de estágio terminal de qualquer doença.

Esses são os casos em que é possível resgatar todo o saldo das contas do FGTS. Entretanto, as novas regras anunciadas pelo Ministério da Economia vão permitir que as pessoas que têm contas no FGTS façam o saque. 

Novas regras de saque do FGTS 

  • O saque imediato de até R$ 500 de cada conta que o trabalhador possui, seja ela ativa ou inativa, ainda a partir de 2019. Os trabalhadores poderão sacar a partir de datas específicas, definidas a partir da data de seu aniversário;
  • O saque-aniversário do FGTS, que vai liberar aos trabalhadores um saque por ano próximo da data des seu aniversário. Esse saque não será de todo o saldo da conta, mas de um percentual, que varia conforme o valor disponível.

Nenhuma dessas duas medidas é obrigatória – o trabalhador poderá realizar o saque de R$ 500 ou aderir ao saque-aniversário somente se desejar.

Mas vale ressaltar: existem regras específicas para cada uma dessas modalidades de saque que devem ser consideradas por quem está pensando em aderir. 

Detalhes importantes do saque aniversário do FGTS

  • Quem optar por fazer os saques anuais não poderá sacar o saldo total da conta em caso de demissão por justa causa; ou seja: se você for demitido sem justa causa, não poderá sacar todo o saldo de sua conta, como normalmente acontece; no caso de demissão sem justa causa, o trabalhador passa a ter direito somente à multa de 40% e direitos como aviso prévio, proporcional de férias, etc. O saldo do FGTS em si continuaria sendo sacado em parcelas anuais.
  • Depois de aderir ao saque-aniversário, só será possível voltar à modalidade anterior (saque total no caso de demissão) depois de dois anos;
  • Quem escolher aderir ao saque-aniversário terá três meses para sacar seus recursos a partir de 2020 – o mês de seu aniversário e os dois meses seguintes.

A porcentagem que poderá ser sacada de cada conta do FGTS no saque-aniversário e o calendário de saque, além de mais informações sobre essa medida, podem ser conferidos aqui.

Detalhes importantes do saque de até R$ 500 do FGTS

  • Poderão ser sacados até R$ 500 de cada conta que o trabalhador possuir no FGTS, seja ela ativa ou não. 
  • Quem tiver conta poupança na Caixa Econômica Federal não precisará sacar o valor: o depósito será feito automaticamente;
  • Os saques para quem não é correntista serão liberados a partir de setembro, seguindo um cronograma que ainda não foi divulgado.
  • Os saques de valor inferior a R$ 100 poderão ser feitos em casas lotéricas, apresentando carteira de identidade e número de CPF.

Vale ressaltar: o saque dos R$ 500 por conta começa ainda neste ano e segue um calendário. Você pode conferí-lo aqui – e, aqui, mais informações sobre a medida.

Quando poderei sacar o FGTS imediato?

Existem três calendários diferentes de saque do FGTS imediato: um para quem possui conta-poupança na Caixa, um para os demais clientes do banco e outro para quem não é cliente:

Para quem tem conta poupança na Caixa

  • Nascidos entre janeiro e abril poderão sacar a partir de 13 de setembro de 2019;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto poderão sacar a partir de 27 de setembro de 2019;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro poderão sacar a partir de 9 de outubro.

Para quem tem conta-corrente na Caixa

Essas pessoas precisam autorizar que a Caixa deposite o valor do FGTS em suas contas – e a data de recebimento do saldo depende dessa autorização. O calendário é o seguinte:

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: se autorizaram até 8 de setembro de 2019, recebem em 13 de setembro de 2019;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto: se autorizarem até 22 de setembro de 2019, recebem em 27 de setembro de 2019;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: se autorizarem até 4 de outubro de 2019, recebem em 9 de outubro de 2019.

Aqueles que não autorizarem depois da data limite receberão o depósito em conta somente na data seguinte.

Calendário do saque FGTS para quem não tem conta na Caixa

Mês de AniversárioData de Início do Saque
Janeiro
já podem sacar
Fevereiro e Março
já podem sacar
Abril e Maiojá podem sacar
Junho e Julhojá podem sacar
Agostojá podem sacar
Setembro e Outubro06 dez 2019
Novembro e Dezembro18 dez 2019

Ficou com dúvidas? Aqui você encontra todas as mudanças anunciadas em relação ao FGTS.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.