Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Produtos Proventos: o que são e c...

Proventos: o que são e como acompanhar na NuInvest

Proventos são benefícios - na forma de dinheiro ou de algum direito - distribuídos pelas empresas aos seus investidores. Confira os 6 tipos de proventos mais comuns no mercado.



A melhor parte na jornada de uma pessoa que investe na Bolsa de Valores é quando chega aquele tão aguardado retorno positivo em uma  aplicação. Mas no mundo dos investimentos existem outros tipos de benefícios além de vender uma ação com lucro: são os chamados proventos.

Proventos são benefícios que empresas da Bolsa e fundos imobiliários distribuem aos seus acionistas e cotistas. Na prática, estamos falando de um dinheiro que pode cair direto na sua conta da corretora.

De olho nos proventos

Em primeiro lugar, a boa notícia é que todos os clientes da NuInvest podem conferir os últimos recebimentos e os próximos pagamentos de seus proventos direto pelo app ou no portal da web. Todas as informações estão organizadas em um só lugar, de forma simples e intuitiva.

Por enquanto, essa forma de acompanhar seus proventos está disponível no portal da web e no aplicativo da NuInvest apenas para sistemas operacionais Android.

Esse é um processo comum no Nubank: começamos aos poucos, em fase de testes, para receber as sugestões dos primeiros usuários e irmos construindo nossos produtos juntos. Em breve, mais pessoas terão acesso à experiência.

Confira, abaixo, mais detalhes sobre o pagamento de proventos e sobre como consultar os seus benefícios no app da NuInvest.

Como comprar ações na Bolsa de Valores? Guia para começar

O que são proventos?

Os proventos são benefícios que as empresas distribuem para seus acionistas. No caso dos fundos imobiliários (FIIs), para seus cotistas.

Esses benefícios podem ter formatos diferentes, desde a entrega em dinheiro até a concessão de novas ações emitidas pela própria companhia, por exemplo. 

Pagamento de proventos

O pagamento de proventos é uma relação em que todo mundo sai ganhando (empresas e acionistas/cotistas). Afinal, empresas boas pagadoras de proventos acabam atraindo mais investidores.

Além disso, nem todos os investidores recebem proventos com o mesmo valor ou no mesmo dia. Quem tem ações PN (ou preferenciais), como o nome diz, tem preferência no recebimento de dividendos de uma companhia.

Quais tipos de ações existem?

6 tipos de proventos e suas diferenças

Os tipos de proventos mais comuns no mercado financeiro são:

1. Dividendos

O mais famoso dos proventos. Dividendos são parte do lucro das empresas pago aos seus acionistas. A maioria costuma distribuir, no mínimo, 25% do lucro líquido ajustado. Mas, quando uma empresa enfrenta problemas financeiros, ela pode suspender o pagamento dos dividendos. Este tipo de provento é isento de Imposto de Renda. 

Sobre o pagamento de dividendos, não há uma regra definida. Pode ser mensal, trimestral, semestral ou até mesmo anual. Na verdade, cada empresa tem a sua política de pagamento de dividendos. 

Pagamento de dividendos: quando ele acontece?

2. Juros sobre Capital Próprio (JCP)

Assim como os dividendos, os Juros sobre Capital Próprio (JCP) são pagos na sua conta da corretora. Então, a diferença é que eles não saem do lucro líquido da empresa, e sim do patrimônio da companhia. 

Qual é a diferença entre dividendos e JCP?

Basicamente, os dois são a mesma coisa. Assim, a grande diferença é que os dividendos são isentos de Imposto de Renda para pessoas físicas e o JCP é tributado com alíquota única de 15%. 

Quando a empresa resolve distribuir JCP, ela recebe alguns benefícios fiscais como desconto no imposto que tem que pagar. É uma maneira que ela encontra de pagar menos tributos.

Aqui, o lucro da empresa é lançado como despesa e distribuído aos acionistas. O JCP e os dividendos são pagos em dinheiro.

3. Rendimentos

Ao adquirir cotas de fundos imobiliários (FIIs), você se torna um dos “donos” dos imóveis em que o fundo investe, recebendo os aluguéis como lucro.

Os FIIs podem investir, principalmente, em empreendimentos imobiliários como shoppings, hospitais, hotéis, prédios comerciais, galpões logísticos etc., e em recebíveis imobiliários como CRI (Certificado de Recebível Imobiliário), LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LH (Letra Hipotecária).

O rendimento é um tipo de provento pago por um fundo imobiliário. O FII deve distribuir aos seus cotistas, no mínimo, 95% de todo o aluguel recebido durante o semestre. 

Os rendimentos são creditados automaticamente em sua conta da corretora.

Investir em fundos imobiliários: tudo que você precisa saber

4. Bonificação

Quando a empresa quer aumentar seu capital e está passando por uma boa fase, em vez de distribuir dinheiro aos seus acionistas, ela pode optar por recompensá-los com a bonificação de ações. 

Ou seja, na prática, você vai receber determinado número de novas ações proporcional à quantidade original, sem custo nenhum.

Por exemplo: você tem 100 ações de uma determinada empresa. Como forma de bonificação, receberá 5% de novas ações, ou seja, 5 ativos a mais.

A NuInvest te informará toda vez que esse tipo de evento acontecer.

5. Subscrição

Direito de subscrição é quando uma empresa ou fundo imobiliário deseja aumentar o capital e favorece os seus atuais acionistas/cotistas, dando  a eles o direito de subscrever. Em outras palavras, é a preferência de comprar novas ações/cotas que a empresa vai emitir a um preço que, normalmente, é mais baixo do que o valor de mercado. 

Por outro lado, você tem a opção de exercer ou não esse direito ou negociá-lo no mercado por meio do home broker. 

Como exercer o direito de subscrição na NuInvest?

6. Restituição de capital

A restituição de capital em ações ocorre quando a companhia faz a redução do seu capital social e, em contrapartida, entrega ações de outra companhia da qual detenha participação. Normalmente, a redução de capital ocorre em três situações. Confira quais são elas:

  1. Excesso de capital social: quando a empresa entende que tem uma quantidade de dinheiro superior à necessária para o funcionamento da empresa;
  2. Incorporação de prejuízos acumulados: quando a empresa apresenta frequentes prejuízos;
  3. Cisão de empresas: quando a empresa se divide e tem parte do seu patrimônio transferido para outra empresa.

A NuInvest também te informará toda vez que esse tipo de evento acontecer. 

Como conferir os seus proventos na NuInvest?

Primeiramente, ao acessar uma ação, FII ou BDR da sua carteira de investimentos no app ou plataforma web da NuInvest, você também pode conferir os últimos recebimentos e os próximos pagamentos de seus proventos, tudo em um só lugar. 

Veja o passo a passo para acompanhar os proventos recebidos:

  1. Entre no portal ou app da NuInvest e vá em “Acompanhar”;
  2. Selecione “Ver meus investimentos”;
  3. Clique nos nomes dos ativos da sua lista (ações, BDRs ou FIIs); 
  4. No fim da página estarão as informações sobre os proventos.

Vale lembrar: essas informações aparecerão apenas nos ativos com proventos. Então, caso você não tenha recebido esse benefício em algum investimento, não haverá informação.

O que significa cada informação de proventos na NuInvest?

Caso você receba algum tipo de provento, algumas informações serão exibidas na sua conta da NuInvest. Confira o que elas significam:  

  • Proventos recebidos:  é o valor total que você recebeu daquele ativo desde a data do primeiro recebimento de proventos, que é a data que aparece abaixo do valor recebido;
  • Últimos recebimentos: é o valor recebido de proventos nos últimos 12 meses. São mostrados apenas os meses em que houve pagamento de proventos;
  • Próximos pagamentos: essa área mostra o próximo pagamento previsto  para recebimento com o tipo de provento, a quantidade, a data-com, a data-ex e o valor líquido, já com a data prevista para pagamento. 

Para entender melhor

Data-com (recebe dividendos): é a data que você precisa estar com as ações ou FIIs em carteira até o fim do pregão para ter direito aos dividendos que serão distribuídos pelas empresas.

Data-ex (não recebe dividendos): é a data subsequente à data-com. Isso significa que se você comprar ações nesse dia não tem mais direito de receber os dividendos. A empresa considera a quantidade de ativos na sua carteira na data de liquidação da data-com para fazer o cálculo do pagamento dos dividendos.

Como consultar o valor creditado na sua conta?

Dividendos e JCP são creditados automaticamente na conta NuInvest no mesmo dia do pagamento. Para ver o valor creditado, basta entrar no portal ou app da NuInvest e clicar na opção “Mais”, depois em “Relatórios” e, por fim, em “Extrato”.

Então, selecione o período que deseja consultar o recebimento de dividendos ou qualquer outro provento e clique no botão “Buscar”.

Na parte do histórico, você conseguirá visualizar a descrição e o valor do lançamento do provento recebido, por exemplo.

Como saber se uma empresa paga proventos?

Para saber se a empresa é uma boa pagadora de proventos, você pode fazer uma consulta na parte de “Relações com Investidores – RI” do site da empresa que você tem interesse em investir.

Muitas das empresas listadas em Bolsa de Valores possuem uma área em seus próprios sites para publicar ao mercado suas principais informações porque isso ajuda e muito o investidor a tomar decisões mais embasadas e conscientes. Conheça a página de relações com investidores do Nubank clicando aqui.

Como investir na Bolsa: guia completo

4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post