Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Auxílio Emergencial O que mudou no novo Auxi...

O que mudou no novo Auxílio Emergencial 2021?

Veja 6 pontos importantes que mudaram no Auxílio Emergencial em 2021 – dos valores a quem pode receber.

O Auxílio Emergencial 2021 teve suas regras divulgadas no dia 18 de março. Entre as principais mudanças, estão o valor do benefício, o limite de pessoas que podem receber por família e o fato de que somente quem já estava cadastrado para as rodadas anteriores ser elegível.

Abaixo, confira as principais mudanças do Auxílio 2021 para os auxílios Emergencial e Residual pagos em 2020.

1. Valor das parcelas

As quatro parcelas do novo Auxílio Emergencial 2021 variam entre R$150 e R$375, dependendo da formação familiar. Quem mora sozinho terá parcelas de R$ 150; famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres devem receber R$ 250; enquanto famílias chefiadas por mulheres receberão R$ 375.

2. Número de parcelas

Serão 4 parcelas pagas do Auxílio Emergencial 2021, com valores entre R$150 e R$375. A primeira rodada de pagamentos do Auxílio Emergencial em 2020 contou com 5 parcelas de R$600 (R$1200 para mulheres chefes de família); já a segunda rodada, do Auxílio Residual, contou com até 4 parcelas de R$300 (ou R$600 para mulheres chefes de família).

3. Limite por família

O Auxílio Emergencial 2021 está limitado a um beneficiário por família. Antes, o limite eram dois beneficiários por família. Isso significa que, mesmo que duas pessoas que moram na mesma casa se encaixem nos critérios do benefício, apenas uma poderá receber o novo auxílio em 2021.

4. Cadastro no auxílio

Apenas quem já estava cadastrado para receber o auxílio emergencial em 2020 pode ser elegível em 2021. Ou seja, este ano NÃO existe como solicitar o auxílio pela primeira vez.

5. Atualização de cadastro no app Caixa Tem

Em março, a Caixa comunicou que todos os usuários da Poupança Social Digital precisam atualizar seus dados no app Caixa Tem. Essa atualização está sendo disponibilizada conforme data de aniversário.

Atualizar o cadastro permite que você continue recebendo todos os benefícios a que tem direito na Poupança Social. Ou seja: é preciso atualizar seu cadastro para receber qualquer benefício pelo app Caixa Tem (não apenas o auxílio).

6. Contestar o auxílio

Quem tiver o benefício indeferido em 2021 tem prazo máximo de 10 dias corridos para contestar a decisão após a publicação da informação. No próprio site da Dataprev, após consultar a sua situação, você verá o motivo de ter sido negado e poderá clicar em Saiba Mais para entender se é possível fazer algo. Veja mais aqui.

Em resumo

Nem todas as pessoas que receberam auxílio em 2020 irão receber em 2021. Uma das principais mudanças é o novo limite de apenas um beneficiário por família. Em breve, será possível checar se você está elegível ou não pelo site da Dataprev.

Quer saber tudo sobre o auxílio emergencial 2021? Veja aqui.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.25

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post