Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Carreira no Nu O que é um Business Arch...

O que é um Business Architect, ou Arquiteto de Negócios?

25% gerente de produto, 25% analista de negócios, 25% conselheiro de executivos e 25% ... algo mais? Três BizArchs, como são conhecidos os Arquitetos de Negócios, compartilham sua rotina no Nubank.

No Nubank, muitas coisas são feitas do zero. Desde o início, entendemos que, para oferecer produtos e serviços financeiros mais transparentes e justos, teríamos que recriá-los completamente em vez de apenas adaptar o que já existia no mercado.

Para isso, precisávamos de profissionais que pudessem transitar da estratégia de negócios ao gerenciamento de projetos, da avaliação de riscos ao alinhamento entre as equipes. Foi assim que nasceu nosso time de Arquitetos de Negócios, ou Business Architects.

Hoje, são mais de 50 BizArchs, como são chamados, em todos os escritórios da Nubank. À medida que crescemos e temos operações mais complexas em um ambiente internacional, procuramos cada vez mais profissionais seniores para escalar e subir os padrões atuais deste time.

O que faz um Business Architect?

Em 2013, nosso ano de fundação, um dos primeiros chapters (como chamamos pessoas com habilidades técnicas semelhantes) criados no Nubank foi o dos Business Architects, um papel que não era comum em outras empresas. Ele foi criado quando percebemos que precisávamos de profissionais que servissem como uma ponte entre cenários macro e micro, diferentes equipes e partes interessadas, bem como os engenheiros que construíam o aplicativo e os clientes. Em suma, “a cola por trás de tudo”.

Existem algumas definições oficiais no Nubank que dizem que um Arquiteto de Negócios “é um generalista com forte visão de negócios, que é capaz de navegar por várias áreas e entre equipes”.

O que um Arquiteto de Negócios faz é muito amplo e dinâmico, pois depende muito das necessidades da equipe em um determinado momento. A ambiguidade da função e a falta de um escopo claro são coisas que os BizArchs aprenderam a abraçar ao longo dos anos, e isso é altamente valorizado pelos líderes da Nubank.

No entanto, conforme crescemos, percebemos que era necessário avançar para uma definição mais precisa da função a fim de tomar melhores decisões e definir um processo melhor ao contratar talentos do mundo todo.

Abaixo, três Business Architects de diferentes áreas do Nubank compartilham um pouco de sua rotina.

A planejadora

Thaís Starling foi a primeira BizArch e a segunda mulher a trabalhar na Nubank – a primeira foi a cofundadora Cristina Junqueira. Ela trabalhou nessa função por cerca de três anos em três áreas diferentes: Operações, Contas e Pagamentos e Ouvidoria.

“Arquitetos de Negócios são pessoas que aprendem rápido, gostam de lidar com diferentes temas e têm alma e espírito empreendedor. Um BizArch adora pegar um problema e partir de uma folha em branco e descobrir como resolvê-lo. Eles são definidos pela liberdade e autonomia ”, explica ela.

Nascida em Minas Gerais, Thais é uma jogadora de vôlei que cursou Administração de Empresas em São Paulo e morou na Alemanha, em Malta e nos Estados Unidos. Depois de trabalhar por três anos na Nubank como BizArch, sua carreira continuou como Business Developer (BizDev) até 2019, quando se tornou Chefe de Operações da Nu México.

O viabilizador

Em junho de 2019, o francês Eric Scaramozzino ingressou no Nubank – para isso, deixou para trás quase uma década morando em Londres e trabalhando no setor financeiro e em consultoria de gestão.

“A missão dos BizArchs é construir uma operação de classe mundial que permita que nossas unidades de negócios, diferentes geografias e vários times alcancem sua visão, escalem com eficiência e tenham flexibilidade para capturar novas oportunidades”, diz Eric, que nasceu nos alpes franceses e possui MBA do INSEAD, um dos mais prestigiosos programas do mundo.

“Nosso pilar”, continua ele, “é implementar as ferramentas certas para criar e monitorar planos de ação que melhorem as métricas de nosso negócio. Quando se trata das unidades de negócios, os BizArchs fazem as coisas acontecerem. Quando se trata de operações, podemos atuar como o braço direito de nossos executivos.”

O Coringa

Paradoxalmente, a falta de entendimento sobre o papel de um BizArch no mercado de talentos internacional no passado trouxe profissionais incríveis para o Nubank. Em 2019, o engenheiro industrial argentino Juan Aragón pretendia mudar de emprego na indústria do turismo. Quando soube das vagas abertas no Nubank, ele leu que uma vaga de Arquiteto de Negócios estava disponível na Nu Argentina e se sentiu atraído.

“O BizArch é o coringa da empresa: muitas funções e adaptabilidade, muitas convergências com outras funções”.

Durante seus primeiros nove meses na empresa, Aragón trabalhou para três projetos em três geografias diferentes. Ele estudou possíveis abordagens estratégicas para novos mercados, trabalhou em operações para o México e agora está, ao lado de um time multidisciplinar, focado em melhorar a usabilidade do aplicativo Nubank para seus clientes latino-americanos.

“Nosso papel é intencionalmente abrangente; você tem que entender o contexto global da empresa para aplicar sua visão a projetos específicos. Mas sempre de olho nas operações diárias e OKRs, as métricas de sucesso da empresa. De certa forma, somos os guardiões das operações do Nubank em escala global.”

Business Architects no Nubank: o que buscamos em candidatos

O Nubank está atualmente procurando por arquitetos de negócios que possam trazer essa visão holística para os nossos projetos.

“Os BizArchs precisam ter duas habilidades principais fundamentais”, garante um dos nossos recrutadores de negócios no Nubank. “Eles devem ser muito analíticos, pois precisam lidar com bases de dados intrincadas, e também muito influentes, pois devem influenciar e colaborar com um número enorme de equipes.”

Mais do que nunca, à medida que o Nubank cresce em sua complexidade organizacional, abordando novos segmentos, novos produtos e novas geografias, o impacto que os Arquitetos de Negócios terão na empresa será ainda maior.

Veja vagas para Business Architect e outras posições no Nubank

4.21

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post