Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Imprensa Nubank levanta US$ 500 m...

Nubank levanta US$ 500 milhões com Berkshire Hathaway

Aporte é uma extensão da Série G, realizada cinco meses atrás, e coloca o Nubank como o banco digital mais valioso do mundo e uma das maiores instituições financeiras da América Latina



São Paulo, 8 de junho de 2021 – O Nubank, maior banco digital independente do mundo, anuncia hoje ter levantado US$ 500 milhões, com a Berkshire Hathaway, uma das maiores empresas abertas em todo o mundo. O aporte é uma extensão da Série G, realizada em janeiro deste ano. O banco digital, recentemente reconhecido como uma das empresas mais influentes do mundo pela TIME e uma das mais inovadoras pela CNBC, se consolida como uma das instituições financeiras mais valiosas da América Latina.  

A nova rodada é fruto do crescimento hiper-acelerado e sustentável do Nubank. A empresa é o maior banco digital do mundo em número de clientes — acabou de atingir a marca de 40 milhões e, nestes primeiros cinco meses do ano, cresceu a um ritmo de mais de 45 mil novos clientes por dia.

Com oito anos recém completados, o banco digital entra em um novo momento de desenvolvimento, mais amadurecido. A empresa expandiu sua oferta de produto principal de cartão de crédito para uma plataforma bancária digital completa com um vasto portfólio que inclui empréstimo pessoal; produtos de investimentos, seja em fundos na própria plataforma ou na plataforma da Easynvest, corretora digital adquirida em 2020; seguro de vida, que em três meses alcançou cem mil contratos; produtos para microempreendedores; e serviços de pagamentos instantâneo — Nubank concentra cerca de um quarto de todas as transferências Pix do País.

Ainda, a empresa tem fortalecido suas operações no México e na Colômbia, países que, junto do Brasil, representam 60% do PIB e da população da América Latina. São três economias que possuem as mesmas características no setor financeiro: altíssima concentração do mercado na mão de poucos atores, elevadas taxas cobradas dos clientes e baixa qualidade no atendimento. Criado justamente com a missão de combater as complexidades no setor e empoderar as pessoas a tomarem de volta o controle de seu dinheiro, o Nubank se baseia em serviços totalmente digitais e na alta tecnologia para reduzir ineficiências e oferecer serviços gratuitos e um atendimento humano e eficaz aos seus clientes. É com estes pilares que a revolução do Nubank no setor financeiro está se propagando pela América Latina — e com sucesso: por exemplo, hoje, no México, a empresa já é uma das maiores emissoras de novos cartões de crédito e possui um NPS de 93. 

“É incrível ver tudo o que temos sido capazes de fazer nestes oito anos de empresa. Ninguém pensava que era possível mudar o sistema financeiro, mas nós sempre estivemos convencidos de que havia espaço para ruptura e inovação e, mais importante que isso, que os clientes mereciam melhores serviços. O Nubank estabeleceu um novo paradigma no mercado, que tem obrigado todos os players a revisarem seus processos e produtos. E como costumo dizer: para nós, no Nubank, ainda é o primeiro dia. Ainda há muito a fazer”, afirma o fundador e CEO, David Vélez. “Cerca de 50% da população da América Latina ainda não tem conta bancária. A penetração do cartão de crédito é de, em média, 21%, enquanto nos Estados Unidos este número bate 70%. Este novo financiamento vai nos ajudar a manter democratizando o acesso aos serviços financeiros em toda a região. Temos a honra de receber um investidor de classe mundial para nos apoiar nessa jornada ”, acrescenta.

Crescimento e expansão

Em linha com os planos da empresa, o investimento levantado será utilizado no apoio ao crescimento do Nubank em três grandes frentes de desenvolvimento. Primeiramente, vai ajudar a expandir ainda mais a oferta de produtos, introduzindo novas soluções ao portfólio, mas também mantendo o ritmo de crescimento acelerado em termos de penetração de mercado, por exemplo, no setor de investimentos. O Nubank absorveu recentemente a Easynvest, uma das principais plataformas de investimento digital no Brasil, que possui mais de US$ 5 bilhões em ativos sob custódia e 1,6 milhão de clientes. Com este passo, a empresa pretende levar o modo Nubank de revolucionar os serviços financeiros ainda mais longe e democratizar o acesso aos investimentos. Hoje, de uma população total de 221 milhões de brasileiros, apenas 3 milhões estão investindo ativamente, de acordo com a B3 (Bolsa de Valores de São Paulo).

O capital será direcionado também para a expansão internacional da empresa. O banco digital lançou seu primeiro produto no México há pouco mais de um ano e já recebeu 1,5 milhão de inscrições e é uma das maiores emissoras de novos cartões de crédito do país. Ainda por cima, a empresa anunciou recentemente que investirá US$ 135 milhões no país para acelerar o crescimento e ampliar a operação local. Na Colômbia, onde o Nubank desembarcou há cerca de seis meses e tem um produto em fase beta, mais de 300 mil colombianos já se inscreveram na lista de espera para se tornarem clientes do cartão de crédito.

Além disso, o investimento auxiliará o Nubank a continuar atraindo talentos globais, como as recentes contratações de Matt Swann, ex-Amazon e Booking, como diretor de tecnologia (Chief Technology Officer) e Arturo Nuñez, ex-Apple e Nike, como diretor de marketing (Chief Marketing Officer). A empresa tem atraído nos últimos anos nomes internacionais de peso para todos os níveis hierárquicos, principalmente para a alta liderança. O banco digital conta com Renee Mauldin, com passagens por Google, Twitter e Uber, como diretora de Pessoas; Yousseff Lahrech, engenheiro do MIT e ex-Capital One, é diretor de Operações; e Jag Duggal, ex-Google e ex-Facebook, é diretor de Produto.

Este post é um Press Release, um material usado para divulgar novidades para jornalistas. Se você é membro da imprensa e quer entrar em contato com o Nubank, escreva para press@nubank.com.br

4.36

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post