Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Produtos Cartão de Crédito Juros: Nubank estuda com...

Juros: Nubank estuda como reduzir ou até acabar com o rotativo

Apenas 3% dos nossos clientes usam o rotativo, mas a gente está testando opções melhores para os usuários do roxinho.

O Nubank nasceu inconformado. Não nos conformamos com a burocracia, com a falta de transparência de contratos com letras miúdas, com pagar caro e não conseguir ter controle real sobre as finanças. A gente é tão inconformado que questiona tudo – inclusive, as nossas própria taxas de juros.  

Por isso, hoje, queremos dividir com nossos clientes o que a gente tem feito para poder reduzir em até  50% os juros de quem não conseguir pagar a fatura completa no vencimento. 

O Nubank está trabalhando para reinventar o modelo do cartão de crédito. Há 11 meses, um time interno de 20 pessoas, batizado justamente de Reinventando o Cartão de Crédito, está testando novos formatos para o roxinho. 

Um deles é um cartão que não possui a opção de crédito rotativo, mas sim alternativas com juros muito menores, como contratar um empréstimo pessoal ou fazer o parcelamento do valor integral. 

Nosso objetivo é oferecer aos clientes outras opções com taxas muito menores do que o rotativo. 

Juros Rotativo Nubank

Atualmente, apenas 3% dos clientes Nubank usam o crédito rotativo. Nosso modelo de negócios não é baseado nessa cobrança de juros – e sim nas transações realizadas com o cartão. 

No entanto, essas taxas são uma das maneiras de começar um relacionamento com quem nunca teve a chance de construir um histórico de crédito antes. Hoje, cerca de 6  milhões de clientes do Nubank têm o roxinho como primeiro cartão, e não seria possível aprovar todas essas pessoas com taxas mais baixas no formato que existe hoje.  

É por isso que estamos trabalhando para mudar. A nossa expectativa é que os testes do Nubank consigam trazer a taxa de juros para cerca de metade do que é praticado hoje. 

Reduzir custos para o cliente é, afinal, parte da nossa missão. Até hoje, já economizamos mais de R$ 11,5 bilhões em taxas e tarifas: além de não cobrarmos anuidade do cartão, por exemplo,  também sempre oferecemos transferências (TED) gratuitas da conta do Nubank para qualquer banco. 

Hoje, com o Pix, o novo meio de pagamentos do Banco Central, todas as grandes instituições do país passam a ter que também oferecer transferências sem custos para os clientes. Da mesma forma, a gente espera que nosso trabalho para oferecer mais alternativas ao rotativo também ajude a mudar as taxas do mercado como um todo no futuro. 

Por aqui, seguimos inconformados – e, acima de tudo, trabalhando para melhorar a vida dos nossos clientes.

3.83

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post