Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Bem-vindo, Matt Swann: q...

Bem-vindo, Matt Swann: quem é o novo CTO do Nubank?

Com 25 anos de experiência liderando empresas de tecnologia, Matt Swann se junta ao Nubank para seguir acelerando nosso ritmo de inovação.

O Nubank é uma empresa de tecnologia que nasceu para devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. A gente cria produtos e serviços fáceis de usar, sem burocracia, e que contam com um serviço de atendimento ao cliente incrível. 

Ao longo dos últimos anos, o Nubank cresceu de forma acelerada – em inglês, existe até uma palavra para isso: hyper growth, ou hiper-crescimento. Somente em 2020, mais de 36 mil pessoas se tornaram clientes do Nubank a cada dia, e chegamos a um total de 35 milhões de usuários dos produtos roxinhos. 

Além das operações no Brasil, também lançamos nosso cartão de crédito no México, e Colômbia e abrimos escritórios de engenharia na Argentina, Alemanha e Estados Unidos. 

Em resumo: tem muita coisa acontecendo por aqui – mas sabemos que é preciso fazer ainda mais. É por isso que estamos felizes em dar as boas vindas a um novo talento que se junta ao time do Nubank: 

Matt Swann é o nosso novo diretor-chefe de tecnologia (Chief Technology Officer). 

Com 25 anos de experiência liderando equipes de Engenharia de Software e de Produto em empresas como Amazon e Booking, ele chega ao Nubank para continuar acelerando nosso crescimento de forma inovadora. 

“Matt traz um enorme repertório de experiência em domínios técnicos e uma expertise em desenvolvimento em larga escala que poucos líderes no mundo possuem. Estou animado em lhe dar as boas-vindas. Tenho certeza que ele vai fortalecer nossa equipe e nos ajudar a seguir crescendo e superando complexidades e desafios que tem aumentado à medida que ampliamos nossa base de clientes e nosso portfólio de produtos”, afirma Ed Wible, co-fundador do Nubank.

Nosso co-fundador Edward Wible, até hoje CTO do Nu, assume a diretoria de Plataformas Tecnológicas e, assim, pode voltar a contribuir mais diretamente com os sistemas e infraestrutura da empresa – um antigo desejo. 

Abaixo, veja 3 perguntas para Matt Swan, novo CTO do Nubank

1.Por que você decidiu se juntar ao Nubank? 

“Tornar-me CTO de uma empresa tão promissora como o Nubank, ainda mais tendo a missão de continuar o fantástico trabalho de um profissional como Ed (Edward Wible), foi determinante para minha escolha. A cultura da empresa, muito alinhada com o propósito de melhorar a vida financeira de milhões de pessoas, também me atraiu para esta oportunidade.

2.Na sua visão, como a tecnologia tem impactado o mercado de serviços financeiros?

A tecnologia é o que move as transações financeiras. Ela ajudou a mudar a forma como as pessoas lidam com o dinheiro, nos permitiu criar camadas extras de segurança e até mesmo introduziu, no mercado, conceitos como criptomoedas.

De modo geral, a tecnologia empoderou as pessoas ao aumentar a visibilidade e controle que temos do nosso dinheiro em tempo real – e ao permitir que as empresas criassem melhores experiências ao cliente. Ela nos traz autonomia, simplifica tarefas e, do ponto de vista da empresa, fornece inteligência para prever e tomar decisões cada vez melhores. Ela também nos permite cortar custos, e podemos repassar essa economia na forma de produtos melhores. O investimento em tecnologia é um dos grandes diferencias de empresas como o Nubank.

3. Quais são os desafios que mais te deixam empolgado no Nubank?

Em primeiro lugar, estou muito empolgado por ajudar a guiar a empresa neste momento de hiper-crescimento (hyper-growth). Nesse momento, meu papel como CTO é entender a estratégia de negócio e ajudar a traduzi-la em caminhos para tecnologia – ao mesmo tempo em que criamos um ambiente que permite ao time criar coisas incríveis. Nesses primeiros três meses, meu objetivo é passar a maior parte do tempo conhecendo pessoas, ouvindo e aprendendo.

Por enquanto, existem três pontos que me motivam bastante: continuar trabalhando na nossa estratégia de talentos, criando times cada vez mais fortes e diversos; seguir desenvolvendo nossa plataforma e garantir escalabilidade; e aprimorar anda mais nossos processos, dando cada vez mais transparência nas nossas tomadas de decisão.

4.12

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post