Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Carreira no Nu “Quero usar meus p...

“Quero usar meus privilégios para ajudar outras mulheres”

Maitê Balhester, Gerente de Engenharia no Nubank, sabe da importância de ter mulheres em quem se apoiar – e quer ser essa pessoa para outras profissionais.

No Nubank, a gente acredita em construir times fortes e diversos – porque só assim é possível desenvolver produtos que facilitem a vida de todo tipo de brasileiro. Neste link, você encontra as histórias de mulheres que fazem o nosso negócio acontecer. Afinal, elas estão aqui, todos os dias, criando coisas incríveis e reinventando o futuro.

Conheça, a seguir, a Maitê, da área de Empréstimo Pessoal.

Maitê Balhester, 29 anos, Gerente de Engenharia

“Eu demorei muito pra conseguir entender que eu sou boa no que eu faço. Hoje, eu consigo ver que o que eu tenho não foi dado – foi fruto de muito trabalho. Se eu cheguei até aqui é porque eu sou uma boa engenheira de software e uma boa gerente de pessoas.

Mas eu tenho plena noção dos meus privilégios. Sofri e sofro muito com o sexismo da nossa sociedade, mas ainda sou uma mulher branca, com olho claro e sobrenome europeu. Quero usar esses privilégios para levantar outras mulheres e outras pessoas de grupos historicamente oprimidos.

É por isso que eu sou apaixonada por organizar eventos que ajudem a diminuir essa lacuna. Participei das duas edições do Yes, She Codes (evento do Nubank voltado para recrutamento de mulheres engenheiras) e, atualmente, também ajudo a organizar o Clojure Bridge, voltado para ensinar Clojure (linguagem de programação que usamos no Nu) para mulheres e outros grupos minorizados – já tivemos edições em São Paulo e em Salvador, na Bahia.

Trabalho com desenvolvimento de software há nove anos – e com liderança de times de desenvolvimento há três. Aqui no Nubank, faz pouco mais de um ano que estou como gerente de engenharia da área de empréstimo pessoal. É um misto das coisas que eu gosto de fazer: resolver problemas e ajudar pessoas a se desenvolverem para lidar com desafios. 

No nosso time, estamos sempre pensando em como oferecer a melhor experiência aos clientes e construir um produto que realmente reinvente um empréstimo – já que existe essa conotação tão negativa no mercado sobre quem pega dinheiro emprestado. 

Quando eu cheguei na equipe, a gente tinha acabado de lançar o empréstimo pessoal do Nubank. Começamos 2019 com três engenheiros e hoje já somos 14. O time, que tinha 25 pessoas, hoje tem 70. O produto, que era só uma aposta, agora é uma oferta consolidada do Nubank e já beneficiou milhões de clientes. Quando eu vejo que ajudei a construir esse time e chegar onde estamos hoje, sinto muito orgulho.

Mas, às vezes, penso que eu não deveria estar aqui – e que mulher nunca se sentiu assim? Por mais que nós duvidemos sempre de nós mesmas, estamos aqui porque trabalhamos duro para isso.

Algo que me ajudou foi encontrar pessoas em quem me apoiar. Pessoas que vão nos confortar e ajudar nos momentos difíceis – e dizer que somos boas quando não acreditarmos nisso. 

No ano passado, depois de participar de um evento de tecnologia, comentei com um dos meus líderes que sentia falta de ter referências mulheres na engenharia do Nu. Então, ele virou e disse: ‘Maitê, você já parou pra pensar que você pode ser essa pessoa para todas as outras?’.

Parei um momento pra refletir e entendi que sim. Cheguei nesse ponto em que outras pessoas olham para mim como exemplo e pedem minha ajuda. Quero ser para elas o que eu não tive em muitos momentos da minha jornada.

Se eu puder ser, para alguma mulher, essa referência ou esse ponto de apoio, terei cumprido meu papel.”

Veja aqui mais histórias de Nubankers como Maitê.

Quer trabalhar no Nubank? Veja aqui as nossas vagas.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post