Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Produtos Conta PJ do Nubank Chargeback no NuTap: o q...

Chargeback no NuTap: o que é contestação de venda e como evitar?

Fez uma venda com o NuTap e ainda não recebeu o pagamento? Pode ser que a transação tenha sido contestada. Conheça o processo e saiba o que fazer



Chargeback no NuTap: na foto, vemos duas mãos: uma segurando um celular onde é possível enxergar a tela de cobrança do NuTap e outra logo atrás do dispositivo, com um smartwatch no pulso, realizando um pagamento por aproximação.

A conta PJ do Nubank nasceu com a missão de facilitar o cotidiano dos empreendedores brasileiros. Nós sabemos como uma maquininha de cartão pode fazer a diferença na hora de fechar um negócio e foi pensando nisso que nasceu o NuTap, uma maquininha 100% digital que funciona diretamente no celular dos clientes da nossa conta PJ. 

Ao ser habilitado, o NuTap transforma o seu celular em uma ferramenta capaz de receber pagamentos no débito, crédito e Pix. Tudo de forma gratuita, sem taxa de adesão ou mensalidade. O NuTap também te acompanha em todas as etapas da negociação, desde o momento da cobrança, até no pós-venda, facilitando os processos de cancelamento e estorno.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

As vendas feitas com o NuTap caem direito no saldo da sua conta PJ do Nubank em até um dia útil. Se dentro deste período você não receber o valor, pode ser que a transação tenha sido contestada. A seguir, você descobre o que é contestação e como resolver este problema. 

O que é chargeback?

Pode ser que essa palavra seja nova no seu vocabulário. Também conhecido como contestação de uma transação, o chargeback acontece quando o consumidor não concorda ou não reconhece uma compra que está na sua fatura e abre um processo junto a operadora do cartão para pedir a devolução do valor. 

Esse recurso é comum e costuma ser acionado em diferentes situações, como nos casos de fraudes ou quando uma compra é cobrada mais de uma vez, mas também pode ocorrer caso algum termo da venda seja descumprido. 

Quando isso acontece, o vendedor é notificado para apresentar contraprovas sobre essa  contestação. Neste momento, ele deve entregar os documentos e comprovantes necessários que ajudem a identificar que o trabalho foi mesmo realizado ou o produto entregue em boas condições. 

Essa análise é importante pois, a partir dela, fica decidido quem deve pagar pelo produto ou serviço. Durante o processo, o valor é descontado do vendedor, que pode recebê-lo de volta caso ganhe a disputa.

Como é o processo de chargeback do NuTap?

Se uma venda realizada com o seu NuTap for contestada, não há motivos para se assustar. A primeira coisa a fazer é organizar todos os comprovantes que te ajudem a defender que o seu produto ou serviço foi entregue dentro dos critérios estabelecidos antes da venda. 

Informações como o nome do comprador, o item ou serviço comprado, a estimativa de entrega e a confirmação de entrega são alguns exemplos de informações comprobatórias. O ideal é manter um arquivo dessas informações por, em média, 120 dias. Esse costuma ser o prazo máximo para que um consumidor realize uma contestação. 

Também vale ressaltar que, após ser notificado sobre a contestação, você terá até quatro dias corridos para organizar os documentos que sustentam a sua defesa. Eles devem ser enviados no formato PDF ou jpeg, pelo próprio aplicativo da conta PJ. Basta abrir a tela de vendas e clicar na venda com o status “Disputa aberta”.

Após a entrega dos documentos, nós encaminharemos tudo ao emissor do cartão, que irá analisar e definir quem ganhou a disputa. Essa definição pode levar cerca de 100 dias. Se o seu negócio ganhar, o valor retorna ao saldo da sua conta. Caso contrário, o dinheiro voltará ao bolso do consumidor. 

Como evitar um chargeback?

Apesar de ser um processo comum, que auxilia no combate a fraudes, o chargeback deve ser evitado. Alguns cuidados importantes podem ser tomados para evitar contestações e perdas financeiras. 

O primeiro deles é deixar o seu e-mail na conta PJ do Nubank sempre atualizado. É por meio dele que nós entraremos em contato caso um pedido de contestação seja aberto ou se alguma movimentação atípica for identificada. 

Também é importante cuidar muito bem das informações do seu negócio e dos seus clientes. Armazenar e catalogar os comprovantes de venda pode agilizar sua resposta à contestação. Com essas informações organizadas, fica mais fácil comprovar que a venda ou prestação de serviço foi legítima e que não houve um problema que justifique a devolução do dinheiro. 

Com o NuTap, todos os comprovantes ficam centralizados no campo “Minhas vendas”, basta selecionar a transição que você precisa e extrair o arquivo. 

Outro modo de garantir um pós vendas tranquilo é fazendo um acompanhamento da entrega do produto ou serviço. Você pode enviar um pedido de avaliação do seu produto ou serviço, questionando o cliente sobre a experiência de compra. Desse modo, é mais fácil identificar se algo saiu do padrão, além de reforçar a relação de confiança com os consumidores.  

Quer saber mais sobre o NuTap? Leia também:

Como fazer uma cobrança pelo NuTap?

Nubank lança NuTap! A maquininha virou app

NuTap: tudo sobre a maquininha no app do Nubank

Este texto faz parte da missão do Nubank de lutar contra a complexidade do sistema financeiro para empoderar as pessoas – físicas e jurídicas. Com a conta PJ, queremos ajudar donos de pequenos negócios, empreendedores e autônomos a focarem no que realmente importa. Saiba mais.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post