Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Cachorros no escritório...

Cachorros no escritório: o que eles têm a ver com a cultura do Nubank?

O ambiente que a gente cria reflete e reforça nossos valores.

“É verdade que, no Nubank, as pessoas trabalham de bermuda e podem trazer seus pets para o escritório?

Essa pergunta é bastante comum quando fazemos eventos de recrutamento ou recebemos candidatos interessados em trabalhar com a gente – e a resposta é sim: não temos regras de vestimenta e, quem quiser, pode trazer seu cachorro ou gato para o Nubank.

No entanto, vale explicar o que está por trás da decisão de deixar de lado a formalidade.

Levar cachorros para o trabalho faz parte da cultura do Nubank. Na foto, os pets Ash e Pina estão batendo um papo.

À primeira vista, esse tipo de política têm tudo a ver com criar um ambiente mais casual – e é verdade. São muitas as empresas que, hoje em dia, já aboliram o dress code formal para tornar a experiência de todos mais agradável no dia a dia.

Aqui no Nubank, no entanto, oferecer essas e outras facilidades é também uma forma de colocar em prática os nossos valores e a nossa cultura. Mais do que isso: a liberdade que as pessoas têm aqui dentro reforça esses mesmos valores que a gente tanto preza.

As vantagens de trazer o pet para o trabalho

A pequena Thea ainda é filhote, mas já fica de olho em tudo o que acontece na mesa.

Um dos nossos valores, por exemplo, é we act like owners – nós agimos como donos.

No Nubank, esperamos que todos tenham atitude e responsabilidade na hora de tomar decisões. Dar a liberdade para trazer os pets, por exemplo, é um benefício atrelado a uma série de cuidados: é preciso ser responsável pelo seu animalzinho e seguir as recomendações básicas de segurança e de convivência com os outros colegas.

Os pets podem participar das reuniões – se quiserem. Na foto, a Thea aproveita um colo enquanto os humanos trabalham.

Se o seu cachorro não está acostumado a conviver com muitos humanos, se está doente, com vacinas em atraso e principalmente, se algum colega não está confortável com a presença do pet, é preciso repensar a decisão de trazê-lo.

Claro, a gente também acredita em outros efeitos positivos de ter animais no escritório.

A produtividade, por exemplo, aumenta. Em primeiro lugar, porque as pessoas podem vir ao trabalho sem se preocupar com o amiguinho que ficou em casa. Em segundo, muitas vezes o pet ajuda a criar conexões entre pessoas que nunca haviam se falado antes.

Novas interações rendem novas conversas e, muitas vezes, novas soluções para problemas que a gente está tentando solucionar.

A produtividade dos humanos aumenta – mas muitos pets, como a Maple, só pensam em descansar no Nu

Trazer o pet para o trabalho também cria um ambiente mais leve. Em alguns casos, o carinho pelos doguinhos é tão grande que eles se tornam membros das equipes.

Nutella, plena, sentada em uma poltrona do Nubank.

Simplificar a vida das pessoas começa pelo nosso escritório

Já a questão das roupas (ou o fato de não termos um dress code) está conectado a outro valor: we build strong and diverse teams, nós construímos times fortes e diversos.

No Nubank, respeitamos os indivíduos pelo o que são – sua essência, sua personalidade, sua história, seu estilo. Não ter um padrão de roupa permite que cada um possa se expressar de forma única e não tenha que se preocupar em seguir um código formal de roupas.

Théo e Channel no terraço do Nubank

Simplificar o dia a dia é também um dos nossos valores: we fight complexity to empower people – nós lutamos contra a complexidade para empoderar as pessoas. E precisamos começar cortando do dia a dia dos nossos funcionários as burocracias que não fazem sentido – e o bom senso sempre prevalece nas escolhas de cada um.

Vale lembrar, claro, que nenhuma política funciona de forma isolada. Trazer animais de estimação para o trabalho ou permitir que as pessoas trabalhem de bermuda são parte de uma série de escolhas que ajudam a fortalecer a nossa cultura.

A forma como a gente organiza o escritório, a maneira como recebemos os novos funcionários e a liberdade que damos para eles dentro do ambiente de trabalho são exemplos de ações que refletem aquilo que a gente acredita – e é por isso que elas funcionam.

Cake, a guardiã das reuniões.

No fim, ter times fortes e diversos, que agem como donos, em um ambiente que ressalta o melhor de cada um, ajuda a gente a alcançar o nosso maior objetivo: ajudar os nossos clientes a retomar o controle da sua vida financeira.

Quer se juntar ao nosso time? Acesse a nossa plataforma de vagas e siga a gente no LinkedIn.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter