Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Auxílio emergencial apr...

Auxílio emergencial aprovado – e agora? O que acontece?

Depois de fazer a solicitacão do benefício e ter o seu recebimento aprovado, entenda quais são os próximos passos.

A inscrição para receber o auxílio emergencial de R$ 600, para aqueles que não estão no Cadastro Único, teve início no dia 7 de abril e seguiu ao longo de maio. Depois de enviarem as informações necessárias e finalizar a solicitação, o pedido fica em análise até que a DataPrev, responsável por analisar os pedidos, tome uma decisão. 

É só depois disso que se recebe a notícia do auxílio emergencial aprovado. E agora? Quais os próximos passos para quem tem a sua solicitação aprovada?

Segundo a Caixa Econômica Federal, na última quinta-feira, 16 de abril, mais de 9 milhões de brasileiros tiveram o auxílio emergencial aprovado. No dia 16 de Maio, uma nova leva de primeira parcela também foi liberada.

Ao todo, mais de 50 milhões de brasileiros já foram aprovados para receber o benefício do governo.

Os próximos passos do processo, como a data de recebimento e como movimentar o dinheiro recebido, podem gerar dúvidas – abaixo, você entende melhor o que acontecerá.

Auxílio emergencial aprovado – e agora?

Os valores para quem se cadastrou pelo aplicativo e pelo site e tiveram o auxílio emergencial aprovado começaram a ser pagos no dia 16 de abril. Uma segunda leva de primeiras parcelas aprovadas começou a ser paga no dia 18 de maio nas contas indicadas ou em poupança digital aberta na Caixa Econômica – neste caso, para as pessoas que não tinham conta aberta em nenhuma instituição financeira e optaram pela conta poupança gratuita da Caixa.

A Caixa explica que o pagamento é feito em 5 dias úteis após a solicitação do auxílio, caso seja aprovado. Por isso, quem fez o pedido alguns dias depois de o site e aplicativo serem liberados pode demorar um pouco mais para receber.

Uma vez que o pagamento é efeito, basta movimentá-lo – isso depende da conta de destino escolhida para receber. Veja abaixo.

Como movimentar o auxílio emergencial

É possível receber a primeira parcela do auxílio emergencial em contas já abertas do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica e de outros bancos – até mesmo na conta do Nubank. Pessoas que não tinham conta aberta em nenhuma instituição podiam optar, no momento da solicitação da primeira parcela, por abrir uma conta poupança digital e gratuita da Caixa Econômica. 

– Quem escolheu receber em contas já existentes de outros bancos pode movimentar o auxílio como desejar: fazer saques, pagamentos de contas, TEDs para outras contas ou pessoas, etc.

– Quem abriu a poupança digital e gratuita da Caixa. Será possível realizar uma transferência gratuita do valor para outras contas e também realizar pagamentos através do aplicativo Caixa Tem, mas não realizar saques – pelo menos, não neste momento. Veja mais abaixo.

Como sacar o auxílio emergencial

Quem escolheu abrir uma nova conta poupança na Caixa poderá fazer o saque em lotéricas ou caixas automáticos da Caixa Econômica Federal seguindo um calendário de lotes, baseado na data de nascimento dos beneficiários: 

  • O calendário de saque da primeira parcela foi de 27 de Abril e 5 de Maio. Uma nova leva da Primeira Parcela foi aprovada em 16 de Maio.

Calendário saque da nova leva de aprovados em Maio da Primeira Parcela

Mês de nascimentoData disponível
JaneiroA partir de 19 de maio
FevereiroA partir de 20 de maio
MarçoA partir de 21 de maio
AbrilA partir de 22 de maio
MaioA partir de 23 de maio
JunhoA partir de 24 de maio
JulhoA partir de 25 de maio
AgostoA partir de 26 de maio
SetembroA partir de 27 de maio
OutubroA partir de 28 de maio
NovembroA partir de 29 de maio
DezembroA partir de 30 de maio

Essas são as datas para saque da primeira parcela do auxílio emergencial. Ele será pago em três parcelas diferentes, que também terão suas datas de saque divulgadas em breve.

Como fazer o saque do auxílio emergencial?

O saque poderá ser feito sem a necessidade de um cartão físico. Em vez disso, será necessário informar um código de acesso.

No aplicativo para smartphone Caixa Tem, o beneficiário será informado quando o saque puder ser feito – a opção “saque” será disponibilizada na tela principal. Quando quiser fazer o saque, é necessário, no próprio app, informar o valor que será resgatado (pode ser inferior a R$ 600). Logo depois, ele vai gerar o código que deve ser informado no caixa eletrônico ou lotérica para completar a operação.

Vale dizer: quem ainda não tiver o saque liberado poderá fazer transferências gratuitas e pagamentos através do próprio aplicativo Caixa Tem.

E, claro: quem optou por receber nas contas já existentes pode movimentar como desejar, inclusive realizando saques.

Como fazer o saque da Segunda Parcela do Auxílio Emergencial?

O pagamento da Segunda Parcela do Auxílio Emergencial começa em 18 de Maio – para quem recebeu a primeira parcela até 30 de Abril.

Há mudanças na forma como o Saque poderá ser feito. O governo divulgou 3 calendários diferentes: um para quem recebe o Bolsa Família, uma para uso digital do auxílio e um para saques e transferências.

Na prática, haverá duas datas diferentes: na primeira, o dinheiro estará na conta para conseguir pagar boletos, contas e usar cartão de débito virtual. Mas apenas na segunda data será possível sacar ou transferir.

Veja aqui tudo sobre a Segunda Parcela do Saque do Auxílio Emergencial

Veja aqui um passo a passo de como realizar o cadastro pelo aplicativo ou pelo site.

Tire todas as suas dúvidas sobre o auxílio emergencial de R$ 600, como quem tem direito e quais são as condições.

3.8

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post