Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Dá para comprar ações da...

Dá para comprar ações da Eletrobras com o FGTS: veja como fazer isso e se vale a pena

Se você quiser entrar na Bolsa com o dinheiro do saldo do fundo de garantia, precisa fazer uma reserva entre os dias 3 e 8 de junho. Mas será que vale a pena comprar ações da empresa com o dinheiro do fundo? Analistas da NuInvest respondem.



Agora dá para comprar ações da Eletrobras com o seu saldo do FGTS. Entenda

Quem tem dinheiro na conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pode usá-lo para comprar ações da Eletrobras com os recursos do fundo. Essa possibilidade faz parte do processo de privatização da empresa, aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado em junho de 2021. 

A Eletrobras é uma estatal – ou seja, é uma empresa pública e, por isso, tem a União como seu principal sócio. Na prática, todas as decisões sobre os rumos de uma companhia estatal passam pela aprovação do governo federal.  

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Para controlar uma empresa e dar a última palavra nas decisões, o acionista precisa ter a maioria das ações dela – pelo menos, 50% dos papéis mais um. Hoje, o governo tem 51,82% das ações da Eletrobras e, para deixar de ser o controlador, a meta é que essa fatia caia para 45%. 

Para reduzir essa participação e alcançar esses 45%, a Lei n. 14.182/2021, que libera a privatização da empresa, define que novas ações sejam emitidas e ofertadas na Bolsa de Valores, e o governo federal está abrindo mão de comprar essas ações. É como se a empresa aumentasse o tamanho de um bolo e oferecesse as novas fatias para quem quiser comprar. Com isso, as fatias atuais continuam existindo, mas passam a representar uma porcentagem menor do bolo. E vai dar para comprar essas fatias com o saldo do seu FGTS. 

Entenda, abaixo, como funciona essa possibilidade e se pode valer a pena usar o dinheiro do fundo para isso.  

Como usar o FGTS para comprar ações da Eletrobras? 

Não é a primeira vez que o dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço é liberado para compra de ações em processos de privatização. Em 2000, foi possível comprar ações da Petrobras. Em 2002, da então Vale do Rio Doce e, em 2010, da Petrobras novamente. 

Desta vez, quem quiser comprar ações da Eletrobras poderá usar até 50% do valor do saldo do fundo para essa compra, segundo as regras da Caixa Econômica Federal, instituição que opera o FGTS. O valor mínimo para a aplicação é de R$ 200. Ou seja, o trabalhador precisa ter, pelo menos, R$ 400 na conta do FGTS para fazer o investimento. 

Para investir nos papéis com o dinheiro do FGTS, é preciso fazer a reserva do saldo do fundo entre os dias 03 e 08 de junho junto à instituição administradora escolhida e autorizada pelo trabalhador. Após esse prazo, não será mais possível usar os recursos do FGTS para a compra de ações da empresa – a não ser que seja aberta outra janela para isso.

Investimento será por meio de fundos 

Assim como ocorreu em outras privatizações, a compra dessas ações será por meio dos fundos mútuos de privatização. Esse tipo de fundo de investimento foi criado nos anos 2000 justamente para permitir que os trabalhadores pudessem usar o FGTS na compra de ações de empresas em processo de privatização. Os cotistas desses fundos são apenas trabalhadores com contas no FGTS. A cada privatização, um fundo mútuo atrelado à empresa é criado. 

Em outras palavras, você vai investir em um fundo e não diretamente na Bolsa. E esse fundo terá ações da Eletrobras como único ativo, podendo ser complementado com uma pequena parcela em ativos de renda fixa, como explica Murilo Breder, analista de Investimentos da NuInvest. 

“O fundo mútuo de privatização é um fundo monoativo, ou seja, de um ativo só. Eles precisam ter, no mínimo, 90% do patrimônio líquido em uma única ação e até 10% desse patrimônio pode estar em renda fixa, mais precisamente títulos públicos federais. Por isso, via de regra, a maioria dos fundos desse tipo tem uma performance muito parecida”, afirma.

Para usar o dinheiro do FGTS na compra de cotas desse fundo mútuo, o trabalhador precisa fazer a reserva do saldo entre os dias 3 e 8 de junho junto a uma instituição financeira que participa dessa oferta. Veja no prospecto quais são essas instituições.

Como fazer a reserva de saldo do FGTS para comprar as ações? 

Primeiro, você precisa escolher uma das instituições financeiras que participam da oferta. É ela que vai efetivar a sua operação. Depois, é preciso autorizar essa instituição a consultar e reservar uma parte do dinheiro do seu saldo do FGTS. É possível fazer isso através do aplicativo FGTS. Veja o passo a passo: 

  • Entre no aplicativo e clique em “Autorizar bancos a consultarem seu FGTS”; 
  • Clique em “Aplicação nos fundos mútuos de privatização FGTS”; 
  • Selecione “FMP Eletrobras” e clique em “Continuar”; 
  • Clique em “Visualizar termo”, para ler e aceitar os termos e condições, e clique em “Continuar”; 
  • Selecione o nome da instituição e confirme. 

Você pode cancelar essa autorização ou alterar a instituição escolhida a qualquer momento, durante o período da reserva – ou seja, até o dia 8 de junho. Ao finalizar a autorização, é preciso contatar a instituição escolhida para informar os valores que deseja aplicar, segundo informou a Caixa.

Você pode aplicar menos do que 50% do seu saldo se quiser. Essa autorização também pode ser feita em uma das agências da Caixa.

Mas atenção: esse limite de 50% considera todos os outros fundos mútuos de privatização. Ou seja, se você investiu em outros processos de privatização, os valores investidos no passado entram na conta final desses 50%. Além disso, não será considerado como valor disponível para esse investimento o saldo bloqueado para saque-aniversário, por exemplo. 

Como sei quanto tenho para comprar ações da Eletrobras?

No aplicativo FGTS, já existe um simulador do fundo mútuo de privatização que apresenta os valores máximos disponíveis para você investir. Veja como acessá-lo: 

  • Entre no aplicativo e clique em “Mais”; 
  • Escolha a opção “Simulador de aplicação FMP – FGTS” e clique em “Ir para o simulador”; 
  • Selecione o fundo “FMP Eletrobras”, e pronto.

O que preciso saber antes de comprar ações da Eletrobras com o FGTS? 

Em primeiro lugar, antes mesmo de pensar em usar o FGTS para comprar ações ou qualquer tipo de ativo, você precisa entender o seu perfil de investidor para saber qual é a sua tolerância ao risco. Quanto menor essa tolerância, mais conservador para investimentos você é – e, neste caso, o mercado de ações talvez não seja uma opção para você agora. 

Ainda que você tenha um apetite maior ao risco, precisa entender que ações são investimentos com  alta volatilidade. Ou seja, o preço desses papéis, mesmo dentro de fundos mútuos de privatização, sobem e descem a todo momento. Em outras palavras, você pode ganhar dinheiro como pode perder também. Por isso, o risco é considerado alto.

Outro cuidado antes de olhar para o mercado de ações é se certificar de que suas contas estejam organizadas e que sua reserva de emergência esteja montada. Se você está começando agora no mercado financeiro, não é recomendável que seu primeiro investimento seja na Bolsa. 

Ao comprar as ações da Eletrobras com o dinheiro do FGTS, você está investindo em um fundo de investimento cujo patrimônio estará na Bolsa de Valores. Mas o fato de ser um fundo não ameniza o seu risco. “Na prática, é como se você tivesse na Bolsa mesmo, o risco é o mesmo”, alerta Murilo Breder. 

Está pensando em investir nas ações da Eletrobras? Leia as dicas dos especialistas antes

Caso você esteja seguro e queira aproveitar o saldo do FGTS para investir nas ações da Eletrobras, ainda existem algumas recomendações importantes, segundo os analistas da NuInvest Murilo Breder e Ângela Tosatto. 

1. Verifique a taxa de administração 

Como você viu, ainda que várias instituições estejam oferecendo ações da Eletrobras por meio de fundos mútuos, a tendência é de que eles tenham um desempenho muito parecido, por investirem em um ativo só. Por isso, o que pode fazer a diferença na conta final é a taxa de administração

Sim, esse fundo todo especial também tem taxa, assim como qualquer outro fundo de investimentos. Essas taxas variam, dependendo da instituição.   

“Parece pouco, mas no longo prazo faz muita diferença. Ter essas taxas em fundos mútuos não faz o menor sentido, porque não existe um trabalho de gerenciamento ativo”, explica Breder. 

A taxa de administração é cobrada em fundos de investimentos como uma espécie de pagamento pelo trabalho da instituição em gerenciar o fundo. Esse trabalho basicamente é comprar e vender ativos para tornar esse fundo mais rentável. Como um fundo mútuo só tem basicamente um ativo, praticamente não existe esse trabalho de gestão.

2. Tenha a certeza de que  não vai precisar desse dinheiro 

No fundo mútuo da Eletrobras, o dinheiro investido precisa ficar investido, obrigatoriamente, por 12 meses. Ou seja, você não pode vender suas cotas e resgatar esse dinheiro por até um ano. Caso um novo saque extraordinário do FGTS seja liberado nesse período, por exemplo, você não vai poder contar com esse dinheiro.

“Mesmo que a pessoa esteja com o orçamento equilibrado, ela precisa saber que esse dinheiro vai ficar bloqueado por 12 meses, inclusive para as outras situações de saque”, reforça Ângela Tosatto.

Por isso, ainda que você não esteja precisando desse dinheiro agora, se organize para não ter de precisar dele no curto e médio prazo. 

3. Saiba que o dinheiro não cai na sua conta 

Depois de um ano, você pode vender as cotas do fundo mútuo, se quiser. Mas não se anime tanto: o dinheiro volta para a sua conta… do FGTS mesmo. Claro que você não precisa vender. Mas dá para manter o dinheiro no fundo mútuo por quanto tempo você quiser. O ideal é ir acompanhando os resultados do seu investimento para não correr o risco de se desfazer das cotas no momento errado. 

4. Não conte com os dividendos 

A Eletrobras é uma empresa que paga dividendos. Mas esse dinheiro também não cai na sua conta bancária ou da corretora. Ele é somado ao patrimônio líquido do fundo, que reinveste esse dinheiro em novas cotas. Na prática, você não perde esse dinheiro, porque o fundo compra mais ações para você. 

5. Entenda o tamanho do seu patrimônio 

O saldo do FGTS é parte do seu patrimônio e você deve considerá-lo na conta geral. E por que isso é importante? Porque, dependendo do seu perfil, você pode pensar em colocar uma fatia maior ou menor do seu dinheiro em ações da Eletrobras. E é preciso entender o tamanho desse patrimônio líquido antes de decidir. 

Patrimônio líquido é o seu patrimônio total em dinheiro. Nessa conta não entram imóveis, carros ou outras propriedades. É o quanto de dinheiro você tem em conta e também no saldo do FGTS. Agora imagine que seu único patrimônio líquido seja o saldo do FGTS e você decide colocar 50% dele no fundo mútuo da Eletrobras. 

O que você está fazendo? Colocando 50% de todo o seu patrimônio em um ativo de risco, que pode reduzir o seu patrimônio. Mesmo investidores muito arrojados, com perfil de muito risco, possivelmente não têm metade do seu dinheiro alocado em ações, por exemplo. 

“Em 20 anos, tem potencial para multiplicar por muitas vezes, mas como é um negócio que não tem garantia, a gente usa uma faixa de 5% do seu patrimônio, o que inclui o saldo do FGTS. Mais do que isso não compensa, porque há riscos no próprio processo de privatização e ainda há algumas dúvidas sobre a gestão da empresa”, analisa Murilo Breder, analista de investimentos da NuInvest. 

6. Pense no longo prazo 

Se você quer entrar nesse fundo, os analistas recomendam olhar para o longo prazo. “O investidor que nunca investiu em nada precisa tomar um cuidado adicional. Para o longo prazo, se o investidor está acostumado com as oscilações desse mercado, é outra história. Mas se o dinheiro é pouco, como o mínimo de R$ 200, e a ideia é apenas experimentar a renda variável, existem formas melhores e mais fáceis de fazer isso, como comprar ações mais baratas, diretamente na Bolsa”, afirma Breder. 

7. Revise seu plano de aposentadoria 

Em casos de aposentadoria, o dinheiro do FGTS é totalmente liberado. Se essa data está próxima, e você precisa e quer ter esse dinheiro em conta, lembre-se de que o saldo que investir no fundo mútuo da Eletrobras ficará lá por, pelo menos, 12 meses. Por isso, avalie se vale a pena ter esses recursos presos durante esse período. 

8. Lembre-se do Imposto de Renda 

No fundo mútuo de privatização, você paga a mesma alíquota do Imposto de Renda de fundos de ações: 15% sobre o lucro líquido. 

Mas e aí, vale a pena comprar ações da Eletrobras com o FGTS? 

Se você entendeu o processo, está pensando no longo prazo e viu que esse investimento faz sentido para o seu perfil de investidor e seus objetivos, os analistas avaliam que essa pode ser, sim, uma boa oportunidade. 

“É uma boa oportunidade para quem tem saldo no FGTS e já investe, mas só se esse dinheiro não fizer falta nos próximos 12 meses, caso o trabalhador tenha a oportunidade para sacar”, afirma Ângela Tosatto, educadora financeira e analista de investimentos da NuInvest. 

Um dos motivos que tornam as ações da Eletrobras atraentes é o setor da empresa. Segundo os analistas, o setor de energia é um dos mais resilientes da Bolsa. O que isso quer dizer? Que ele sente menos as mudanças bruscas do mercado financeiro. Além disso, hoje, a Eletrobras gera 30% de toda a energia do país e é a maior empresa desse setor.

“Os contratos (da empresa) são de longo prazo, o que dá previsibilidade de geração futura de caixa, e são reajustados anualmente por algum índice de inflação, IPCA ou IGP-M. Assim, a receita cresce praticamente nos mesmos níveis da inflação doméstica”, explica Breder.

A empresa também é considerada uma boa pagadora de dividendos pelo mercado, o que a deixa atrativa para os investidores. “Uma empresa que normalmente paga dividendos já é uma seleção natural boa porque, no mínimo, ela tem de ter uma operação lucrativa”, afirma o analista. Para ele, no longo prazo, a empresa tende a se valorizar e a reduzir os custos.   

De olho no longo prazo

Além disso, segundo os analistas, a oferta das ações pode mudar o jogo da empresa para melhor. Segundo dados do Ministério da Economia, a Eletrobras  investe em torno de R$ 3 bilhões por ano, mas pode chegar a R$ 13 bilhões depois da privatização.

“A capitalização da Eletrobras tem como finalidade permitir a expansão da capacidade de investimento da companhia. O potencial é de valorização das ações no curto prazo com a conclusão do processo de capitalização. No longo prazo, tende a valer a pena”, afirma Breder.

Então, devo comprar as ações da Eletrobras com o FGTS? 

Não tem uma resposta certa para essa pergunta. Essa decisão é individual e precisa considerar o seu perfil de investidor, sua renda, sua experiência com investimentos e seus objetivos. Por isso, antes de investir em qualquer ativo, entenda o risco e as oscilações desse mercado. 

Não é porque os fundos mútuos da Petrobras e da Vale multiplicaram nos últimos anos que o fundo da Eletrobras terá o mesmo desempenho. Uma das regras mais importantes do mundo dos investimentos é que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.  

Investi no fundo mútuo, e agora? 

Agora a decisão é sua. A recomendação é focar no longo prazo, mas você tem alternativas. Segundo o manual da Caixa, após seis meses da efetivação do débito do dinheiro na sua conta do FGTS, o trabalhador pode pedir a transferência total ou parcial desse investimento para outro fundo mútuo – da Petrobras e Vale, por exemplo.

Para fazer isso, é preciso contatar a instituição financeira para pedir essa transferência. A instituição precisará informar a Caixa, que opera o FGTS, no prazo máximo de cinco dias úteis. Mas será que vale a pena? 

“Como esse valor só pode ser movimentado a cada seis meses, acredito ser um pouco cedo para dizer se vale a pena alterar  para o FMP da Vale ou Petrobras no fim do ano. Hoje vejo como uma boa opção, mas daqui a seis meses pode não ser mais, ou pelo menos um dos dois FMP pode deixar de ser uma boa opção”, avalia Ângela Tosatto, analista da NuInvest.

Essa transferência vale para quem tem os fundos mútuos da Vale e da Petrobras? Sim. Os cotistas têm a possibilidade de transferência também a cada seis meses.

 Leia também 

O lucro do FGTS vai para você? Entenda

7 Investimentos sem Imposto de Renda para você escolher

Guia completo para investir na Bolsa

Avisos legais importantes para você

As opiniões do texto acima pertencem única e exclusivamente aos analistas da NuInvest Murilo Breder e Ângela Tosatto, certificados e credenciados pela APIMEC – Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais e resultam de análise feita de forma independente. O objetivo deste conteúdo é somente informar os investidores e não constitui oferta de compra ou de venda de nenhum título ou valor mobiliário, e nem uma recomendação de investimento. Cabe ao investidor tomar decisões sobre suas estratégias financeiras e seus investimentos, levando em conta seus objetivos e tolerância a distintos níveis de risco. O analista pode ser, diretamente, titular dos valores mobiliários mencionados e a sua remuneração está, direta ou indiretamente, influenciada pelas receitas resultantes dos negócios e operações realizados pela NuInvest e/ou por outras empresas do Nubank. Nenhuma parte da remuneração do analista foi, é ou será, direta ou indiretamente, relacionada com as suas opiniões acima.

A NuInvest não participará da modalidade da oferta pública da Eletrobras relativa ao FMP-FGTS. No entanto, a NuInvest participará da oferta pública de ações da Eletrobras, tem interesses financeiros e comerciais relevantes em relação aos emissores ou aos valores mobiliários mencionados, decorrentes da prestação dos serviços de distribuição, e é remunerada por esses serviços (saiba mais aqui).

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

3.98

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post